Fotografia

14 de fevereiro de 2017

PELADÕES NA RUA OSCAR FREIRE CONTRA EXCESSO DE EMBALAGENS

Entre famílias, cachorros de raça e carros importados, uma cena nada comum chamou a atenção de quem passou pela rua mais luxuosa do Brasil – a Oscar Freire, localizada no bairro dos Jardins, em São Paulo – no último fim de semana: a marca de beleza Lush tirou a roupa de seus funcionários para conscientizar a população sobre a produção excessiva de embalagens, principalmente na indústria de cosméticos. A campanha, que é intitulada #veraopelado, mostra que as embalagens descartáveis coloridas, normalmente confeccionadas em plásticos, leva mais de 400 anos para se decompor no meio ambiente. Em entrevista ao UOL, Zé Osmar, um dos vendedores da loja, contou que rolou de tudo um pouco: vergonha, cantadas e, claro, resultado positivo da ação. “Fiquei com vergonha no início. Além de representar a campanha, ficar nu em público tem a ver com aceitação do corpo. Mas depois de um tempo, a maioria das pessoas nem notava mais que estávamos pelados. Afinal, todo mundo tem bunda, né?”. Os peladões lançaram a campanha na época […]

Veja mais
15 de janeiro de 2017

MULHER TARADINHA FAZ BOQUETE NO NAMORADO NA RUA

Mulher bem taradinha não consegue segurar o tesão e chupa a rola do namorado durante o dia no meio da rua.

Veja mais
6 de janeiro de 2017

A BELEZA AFRO-BRASILEIRA RETRATADA NAS FOTOS DE “EVA NEGRA” NUA

A tradicional narrativa bíblica de Adão e Eva é retratada de forma inusitada na exposição “Beleza Afro-Brasileira”. O fotógrafo italiano Giancarlo Mecarelli, 66, fez a produção de uma Eva negra envolta por uma cobra, que se junta a outras 29 fotos de mulheres afrodescendentes nuas. “Sempre tive essa ideia de realizar uma imagem para quebrar com o ícone da Eva europeia, quase que alemã. Quem disse que ela era branca?”, diz Mecarelli. A artista plástica paulistana Renata Felinto, 34, foi a escolhida para encarnar a figura feminina mítica. “No começo, fiquei na dúvida porque existem trabalhos de nu péssimos, de mau gosto. Mas quando vi o trabalho do Mecarelli, gostei da iluminação, dos efeitos. Achei sério”, afirma a moradora de Taboão da Serra (Grande São Paulo). Além de resgatar a beleza da mulher negra de uma forma simples, o fotógrafo teve a intenção de prestar homenagem a Jorge Amado: cada foto da exposição é acompanhada por um trecho da obra do autor baiano, todos selecionados pelo escritor Ovídio Poli Júnior. […]

Veja mais