Arte Erótica

8 de novembro de 2018

CASTIGOS PARA UM MARIDO coRno

Meu marido é coRno há muito tempo e adora saber (e até mesmo me ver) de minhas aventuras com meus Amantes. Ele sempre serve a mim e aos meus Amantes como empregada em nossos encontros, trazendo bebidas, petiscos logo depois de minhas tardes de sexo. Por vezes, ordeno que ele vá lavar o carro de meu Comedor enquanto estamos metendo. Por outras o amarro bem de frente para o nosso leito e o faço assistir tudinho… Ah, ele fica todo babado em seu cinto de castidade! Quando estou inspirada, ofereço o coRno para meu Amante para que o prepare para mim. Recentemente descobri outra maneira de frustrar o coRno que amo, meu marido. Como se a negação do sexo e do orgasmo pelo uso permanente do cinto de castidade não fosse suficiente, decidi agora adotar a arte da “Negação de Bota”. Deixe-me explicar. Meu coRno é um fanático por botas. No momento em que ele vê mulheres calcando uma (especialmente eu, em nossa própria casa) ele fica de pau duro. […]

Veja mais
5 de novembro de 2018

ABHIYANA – A ESCRITORA PORNÔ ATIVISTA

“ando com a mente povoada de putaria. o que faz com que minha vulva fique quase o tempo todo aquecida e melecada. imagino pessoas bem peladas, andando pra lá e pra cá, sem questões nem formalidades, livres pra fuder de verdade. mas ainda estamos averiguando se deus deixa ou não dar o rabo. Filhos, deus é daquelas mulheres que gozam dando o cu.” Abhiyana, atriz, produtora e escritora. Aos 21 anos, trocou o emprego em uma multinacional pelos palcos. Pediu demissão e foi estudar teatro. Na entrevista que concedeu ao portal UOL, Abhiyana afirmou que nunca teve problemas para falar sobre sexo em casa. Já dançava desde pequenininha e diz que sempre se deu bem com o próprio corpo. Se considera uma pioneira dos nudes, pois já gostava de fazer fotos nuas e mandá-las para namorados e peguetes. Por e-mail, que fique claro para a geração das redes sociais e do WhatsApp. Acredita que já tinha um olhar mais refinado para a pornografia desde mais nova, apesar de hoje considerar […]

Veja mais
12 de outubro de 2018

LEITOR PROCURA HOTWIFE DOMINADORA E PUTA

Me chamo Ivan, tenho 49 anos, claro, carinhoso e muito safado. Tenho uma situação financeira estável e bom nível cultural. Procuro uma hotwife, estabilizada economicamente que queira ser minha domme. Como compensação, farei dela uma rainha muito feliz e realizarei todas as suas fantasias, principalmente a possibilidade de ver minha amada fodendo com os seus amantes. Nunca tive essa experiência, o “mundo cuckold” ainda não faz parte da minha vida sexual, mas sempre tive muita vontade. Desejo e quero muito! Não vou resistir a isso, pois é algo incontrolável e perturbador que parece ter nascido comigo também, por isso resolvi viver essa vida de corno fiel aos pés da dona. Por esse motivo, estou aqui a procura de uma “ESPOSA DOMINADORA E PUTA” que compartilhará comigo o amor e o tesão. Eu como seu corninho a amarei e ficarei casto. Ou seja, um homem para sociedade e uma empregadinha da minha dona e dos seus amantes em casa e na cama. Sei que sexo é diferente de amor. Serei um […]

Veja mais
20 de setembro de 2018

SOU CORNO MANSO E MUITO FELIZ!

Minha esposa sempre teve vontade de experimentar outro macho, mas não tínhamos coragem. Com o passar do tempo o tesão foi chegando a um ponto que não deu mais para segurar. A primeira vez que marcamos de sair com um comedor ficamos muito ansiosos e ela muito nervosa. Uma forma de conter essa ansiedade foi eu ajudá-la a se produzir, ficar bem linda e gostosa para impressionar o macho comedor. Ela fez escova nos cabelos, clareamento nos pelos e eu depilei sua buceta, raspei o cuzinho, deixei-o bem lisinho. Minha esposa recebeu elogios do comedor e isso nos deixou muito satisfeitos. Hoje essa prática se tornou um fetiche. Adoro produzir minha esposa, deixá-la linda para outros machos desfrutarem dela. Gosto que ela se vista estilo “putinha”. Fico de pau duro vendo os caras comendo minha esposa com os olhos e melo a cueca quando percebo ela flertando com outro macho. Mas para materializarmos nossa fantasia só quando vamos a algum lugar onde ninguém nos conheça. Fomos viajar para o nordeste. […]

Veja mais
16 de agosto de 2018

LEITOR CONFESSA: SOU CORNO SUBMISSO E MINHA ESPOSA PUTINHA

Sou casado há 16 anos e corno há 11 anos. Atualmente minha esposa tem um amante fixo que frequenta minha casa faz dois anos. Temos também relação com um casal maravilhoso – Saímos, vamos a festas, viajamos e transamos sempre que possível. Esta amizade já dura há 12 anos. Minha esposa me faz de mordomo quando transamos com eles. Sirvo cerveja, vinho, água, petiscos e o que pedirem. Também já até dei banho no amante para que ele pudesse transar limpo e cheiroso com a minha esposa, inclusive lavando muito bem o seu pau. O amante mete sem camisinha e goza dentro da buceta dela. Terminada a foda, enquanto eles namoram e se beijam, ela me manda limpar o pau dele e a buceta dela com a boca e a língua. Eles não se importam com a minha presença, ou seja, me ignoram por completo. Ele também é casado, a esposa dele é bem liberal e tem uma cabeça muito aberta. Frequenta nossa casa, sabe das nossas transas, Já assistiu […]

Veja mais
27 de julho de 2018

CROSSDRESSER PASSIVO PROCURA NAMORADA

Tenho 42 anos, bonito, 1,79 76 kg, branco, nível cultural bacana, bem-conceituado no meio social. Sou de São Paulo, zona Sul, nenhum vício, não curto qualquer tipo de droga e bebo pouquíssimo, só tenho vontade de beber quando estou com alguém que valha a pena, e excitado. Sou bissexual, crossdresser de armário, bem resolvido em todos os aspectos. Nada afeminado fora de 4 paredes, acima de qualquer suspeita e jamais revelaria essa questão de ser crossdresser e/ou bi. Gosto de servir no sexo e prefiro ser passivo. Já fui casado, mas hoje solteiro. Com a ex-mulher não rolava nada… Muitas travas psicológicas. Tenho um closet secreto com muitas roupas, sapatos de salto, botas, coleções de lingeries lindíssimas, bom gosto mesmo. O que mais me dá tesão? Estar feminina (roupas femininas me deixam maluco, rs), servir minha mulher sexualmente, aventuras secretas de um casal. Vivi por pouco tempo uma experiência única com uma namorada, que um amigo dela, maquiador, me montou completamente – vestido curto, salto 15, lingerie vermelha por baixo. […]

Veja mais
25 de maio de 2018

CORNO PROCURA MACHO DE PAU GRANDE PARA SATISFAZER A ESPOSA

Minha esposa disse que não tinha mais tesão por mim e o melhor a fazer era nos separarmos. Diante do meu espanto completou: – Não vou mentir, estava me sentindo sozinha e abandonada, você vive para o trabalho e acabei me envolvendo com outro homem. Fiquei sem saber o que dizer, então perguntei quem era ele? – Estava “para baixo”, mas notei que nosso vizinho me olhava, estava interessado, me comendo com os olhos… Senti-me desejada. Começamos a conversar e, conversa vai, conversa vem, acabei dando para ele! Aquilo me chocou. Comecei a chorar e pedi que não me abandonasse, que eu a amava muito e não queria perdê-la. Ela me disse que depois de ter dado para ele não seria mulher de um homem só e que se eu ainda a quisesse teria que dividi-la com o vizinho. Disse que para não perdê-la completamente faria o que ela quisesse. Ela colocou um sorriso no rosto e, com uma cara de safada, me deu um beijo, e disse: – Você […]

Veja mais
8 de maio de 2018

APIMENTEI MEU CASAMENTO COM O SÓCIO DO MEU MARIDO

Os vários anos de um casamento trazem segurança, conforto e tranquilidade. Não para mim! Existem partes de minha anatomia que não arrefecem. Se tenho um lado tranquilo o outro quer se exibir, correr perigo, arder e gozar, se despir da comodidade da rotina e se perder na adrenalina da conquista… Foi assim com ele. Chegamos ao restaurante. O jantar era para conhecermos o novo sócio do meu marido. Ali eu era apenas uma das esposas, mesmo ciente que sou uma mulher que não passa “despercebida”- seja pelo tom que não se intimida, pelo 1,65m potencializados pelos saltos sempre altos, pelos cabelos loiros ou pelas formas voluptuosas acentuadas pelo vestido curto e pelo decote em “v” que evidenciavam a bunda G e os peitos siliconados. Após três tacinhas de espumante, interajo de forma mais espontânea, a ponto dos colegas do meu marido comentar: – Caio é tão reservado; nunca imaginamos que tinha uma esposa tão extrovertida. Não sabiam de nada… A noite ia bem até a chegada de Daniel, o novo […]

Veja mais