O DOM ME INICIOU COMO SUBMISSA

ESPOSA MÃE E DONA DE CASA SE DESCOBRE PUTINHA NO SWING
22 de janeiro de 2019
UMA RAPIDINHA NO ESTACIONAMENTO DO KALUNGA
30 de janeiro de 2019
Show all

O DOM ME INICIOU COMO SUBMISSA

Eu conheci meu Dom em um grupo no Facebook. Li sobre ele, o que escrevia e me identifiquei com aquilo tudo. Mandei pedido de amizade e ele aceitou. Conversamos por umas duas semanas.
No início foi difícil me acostumar com a submissão virtual. Lendo o que ele escrevia muitas vezes tinha vontade de o mandar o cara a merda!
Certo dia, conversávamos e ele me pressionou para, no dia seguinte, ir à casa dele. eu não queria porque estava menstruada, mas ele exigiu.
Obedeci! No dia seguinte fui, sai do elevador e ele estava me esperando na porta do apartamento. Entrei e ele me mandou sentar no sofá. Ficou me olhando por um tempo que parecia interminável. Me mandou ir ao banheiro tirar o batom vermelho que eu estava usando. Voltei pra sala tremendo de nervoso.
Me fez sentar. Segurou meu rosto e ficou na minha frente. Percebi que ele estava de pau duro. Disse que eu seria castigada por demorar tanto tempo pra ser a cadela dele.
Mandou-me ficar de joelhos na frente dele e me deu um tapa na cara. Isso me deu um tesão louco.
Ordenou que eu passasse a mão sobre a calça dele.
Se afastou e perguntou se eu queria o pau dele. Eu disse que sim, estava doida pra cair de boca na rola dele.
Ele abriu as calças, mas não me deixou tocar no pau dele. Agarrou meus cabelos enfiou a rola dele na minha boca, me fez engolir até engasgar.
Abriu meu vestido e me mandou tirar o sutiã. Agarrou meus peitos e puxou pelos bicos com força.
Eu estava com muito tesão, buceta escorrendo.
Ele me mandou ficar ali, do jeito que eu estava, de joelhos. Foi no quarto e voltou com uma coleira. Disse que eu ia ser a cadela dele e se eu não queria era para ir embora. Eu disse que ficaria. Naquele momento eu tive certeza de que era isso que eu queria ser submissa.
Ele colocou a coleira no meu pescoço, tirou o cinto, me virou de costas, me fez levantar o vestido e bateu na minha bunda.
Senti medo e tesão misturados.
Me virou de novo, me vendou com o cinto e fodeu minha boca até gozar no meu rosto.
Me mandou ir me limpar.
Voltei pra sala. Ele mandou eu me vestir e o esperar sentadinha na sala enquanto tomava banho.
Antes de sairmos ele disse que aquilo era só o começo.
E foi!

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.