ME DESCOBRI CORNO DENTRO DA MINHA CASA

CASAL CONTA COMO O EXIBICIONISMO APIMENTOU O RELACIONAMENTO
17 de novembro de 2018
EXPERIÊNCIA SEXUAL PARA O PROJETO TEXTOS PUTOS VOL. 2
24 de novembro de 2018
Show all

Somos um casal de Florianópolis – SC. Minha esposa Ana é loira, olhos verdes, 1.71 de altura, 52 kg, uma linda gaúcha. Eu sou moreno 1.80 de altura 90 kg. Ela sempre foi uma mulher muito bonita, gostosa e adora sexo. Ela que me procura para transarmos, me provoca, mas quase sempre dou desculpas, que estou cansado ou dou uma trepada mal dada. Assim é o nosso casamento. Para apimentar um pouco começamos a frequentar casas de Swing.
Ana às vezes me dizia:
– Se você não me comer outro vai comer!
Eu pensava: “Ela não terá coragem de me trair”.


No início do ano recebi ligação do André, um amigo que mora em Campo Grande – MS. Perguntou se podia passar alguns dias em nossa casa. Disse a ele que sim, que não teria problema, só alertei que o apartamento era pequeno e não teria como dar muito conforto e atenção a ele. Nesse período do ano trabalho muito. Ele disse que não teria problema que se “viraria” sozinho. Ana gostou da ideia do meu amigo vir passar uns dias aqui, assim não ficaria sozinha o dia todo. Ela podia mostrar os pontos turísticos da Cidade a ele.
Os primeiros dias do André em Floripa foram animados com muito sol e praia. Quando eu chegava do trabalho nos três íamos caminhar no calçadão. André dormia no sofá cama da sala sem muita privacidade – Apenas um armário separava os ambientes.


Uma noite jantei, tomei meu banho, conversamos os três e fomos nos deitar. Ana usava uma calcinha vermelha bem pequena. Deitou na cama, me beijou e pegou no meu pau.
– Hoje não, amor. Estou muito cansado, além do que André pode escutar.
Ela olhou pra mim e disse:
– Falando nisso, gostei do seu amigo ele é atencioso e safado rsrsrs! Quando vamos a praia “me come com os olhos”. Ele pensa que não percebo…
Pensei “também com o biquíni pequeno e provocante que ela vai à praia impossível não ficar com tesão”.
Não contei a ela, mas noite dessas, percebi o André espiando e batendo uma punheta enquanto transavamos.
Me virei e dormi. Depois de umas duas horas, como tenho o sono leve, percebi que Ana se levantou e foi beber água. Ouvi uns cochichos entre os dois, risos, fui para trás do armário que separa a sala do quarto e vi minha esposa quase peladinha punhetando e mamando na rola do meu amigo. Não demorou ele começou a meter na minha esposinha. Ela gemia! Ficaram nessa por muito tempo: Hora ele metia nela, hora ela mamava nele, até que ouvi ele mandá-la engolir o pau:
– Putinha engole, engole tudo, quero ele inteiro na sua boca!
André enfiou a rola foi até minha esposa engasgar.
Em seguida ouvi ela sussurrando:
– Não, por favor não, aí não, seu pau é grande e vai doer!
– Sua putinha você veio atrás de pau agora vai levar pau, anda logo se vire!
Ela obedeceu e ficou de quatro no sofá com a bundona empinada pedindo pra ele não meter no cuzinho. Eu tinha uma visão perfeita da cena de foda dos dois. Minha vontade era tira-la de lá, mas ao mesmo tempo, eu queria assistir. Apesar de frequentarmos clube de Swing até o momento não tinha rolado nada. Eu tinha muito tesão em vê-la com outro cara, mas espiando meu amigo fodendo minha esposa, deu um misto de ciúmes e tesão.
Ele colocou o pau na porta do cuzinho da Ana que continuava a pedir:
Não, por favor eu não vou aguentar!
Ela na verdade dizia não, mas estava implorando pra André meter de uma vez a rola gigante e grossa no cuzinho. Meu amigo começo a socar no cuzinho rosado de Ana. Ela gemia urrava como um bicho, não estava nem aí comigo ali ao lado ou com os vizinhos. André dava umas estocadas violentes e fortes. Eu ouvia as bolas dele batendo na bunda da minha mulher e louco de tesão comecei a bater uma punheta… Foi quando Ana percebeu que estava ali. Ela olhou para mim e disse:
Bem corno mesmo! Seu melhor amigo aqui socando no meu cu e você vendo tudo e batendo punheta escondido!
André disse:
– Amigo sei que está cansado, trabalhando muito… Enquanto eu estiver aqui vou te ajudar, vou comer sua mulher todos os dias, apagar o fogo dela! Melhor vou meter nela sempre que eu quiser!
Pedi a Ana para participar e meter também. Ela respondeu:
– O que? Você estava cansado, queria dormir, então vai dormir, vai descansar, aqui você não mete! Quero gozar na rola do seu amigo!


André veio pra ficar uma semana em casa e acabou ficando quase um mês. Nesse período eu saia para trabalhar e ele comia minha mulher todos os dias. Às vezes eu assistia outras ela me contava. Aquilo me dava muito tesão. Depois daquele período virei um corno feliz!
Alguém aqui de Camboriú quer comer a Ana?

Leo
Leo

3 Comments

  1. dotado safado disse:

    Adoro Mulher comprometida, alguns ainda tem medo e morrem de vontade, mandam whats pra mim mais depois bloqueiam por medo… quero esclarecer,,, tudo bem sigiloso, deixe sua vontade e seus desejos aflorarem,,, faço questão de ajudar!!!
    Vou ajudar apenas pelo prazer… E de uns tempos pra cah muitas esposas, noivas, namoradas ou casais mesmo… tem tido essa vontade de sentir um dotado de ter outra pika pra fazer uma brincadeira mais gostosa.
    Outras vezes o parceiro quer ver ela com outro… por isso…seja o que for casal, noiva, namorada, noivo, marido e tem curiosidade de ver ela com outro me chame… Assim como muito tem tesão em ver.. eu tenho tesão enorme em meter com mulher comprometida… E se quiser só exibir para ela ficar mais a vontade me chame… com tempo, o prazer e o tesão vai falar mais alto depois de ver um pau grosso e grande ela com certeza vai pedir… chame whats… 11 94115-7925

  2. Anônimo disse:

    Delicia de conto, isso que é uma esposa putinha e um corno manso.

  3. Capitaosexy disse:

    Oi casal,boa noite.. . Sou capitão sexy moro em balneario camboriu, e adorei seu perfil… gostaria muito d conhecelos se possivel

    Add 47 99 656 8260

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.