28 de Janeiro de 2018

REALIZEI MINHA FANTASIA: “PEGUEI” MINHA AMIGA!

Há algum tempo, numa festinha de despedida de solteira, rolou a brincadeira do jogo da verdade… Todas bêbadas, uma das meninas deixou claro que adoraria “me pegar”! No início fiquei assustada, mas, despertou em mim a curiosidade de ficar com uma mulher. Depois disso, mantive contato com minha amiga e resolvemos “apresentar e colar” as bucetas. Fizemos nossa primeira farrinha na casa dela. Aproveitamos que o marido estava viajando e… Foi simplesmente maravilhoso! Ficamos outras vezes juntas, com os maridos assistindo, mas sem troca de casais. Primeiro a “festinha” era entre nós duas e depois com eles participando. Minha amiga mudou-se de São Paulo. Continuei casada, mas sempre querendo transar com outra mulher. Convenci meu marido a frequentarmos uma casa de swing… Amei! É uma putaria do caralho! Mas o que procurava ali era encontrar uma gata pra matar a minha vontade de ser chupada novamente. Entrei no grupo de watsapp do clube, coloquei uma foto da minha bunda com uma calcinha minúscula… Isso foi suficiente pra muitos elogios e […]

Veja mais
15 de outubro de 2017

BALADA LIBERAL – TUDO É PERMITIDO NADA É OBRIGATÓRIO

Um ex-líder religioso mórmon entusiasta do então revolucionário conceito dos hipermercados – Paulo Machado; a filha jovem, bonita e bem-criada de um professor da USP- Luciana Godoi; e seu tio torto, proprietário de linhas telefônicas vitimado pela privatização – Gabriel Gonzalez Fuentez montaram um negócio igualmente improvável: Uma bem-sucedida casa de swing para quem não faz exatamente swing, localizada na Rua Augusta, em São Paulo, e chamada Nefertitti. Com o “t” dobrado porque a numeróloga do tio torto mandou e o religioso mórmon preferiu não objetar. A Nefertitti é como se fosse o famoso Love Story paulistano de uma década atrás, quando playboys e prostitutas – já despidas de suas pessoas jurídicas – celebravam a libido, a putaria e o uísque paraguaio na “casa de todas as casas”. A diferença de que na Nefertitti supostamente não há prostitutas – a não ser aquelas apenas vocacionadas para a mesozoica profissão. “O que se desbunda dentro da Nefertitti é uma enormidade -.” A Nefertitti tem 10 anos. Passou por três endereços – […]

Veja mais
19 de Fevereiro de 2017

ESPOSINHA SE DIVERTIU E GOZOU MUITO NO SWING

Eu e minha esposa Helena temos sintonia perfeita no sexo. Ela faz minhas vontades e topa todas as aventuras e fantasias sexuais para apimentar nosso relacionamento. Fomos viajar para uma cidade litorânea do nordeste. Aproveitamos esses dias de descanso e praia para conhecer um clube de swing. Essa era uma curiosidade que tínhamos… Visitando o site de uma famosa “balada liberal” da cidade vimos que era bem bacana, vários ambientes, pista de dança, gente bonita, aquilo que procurávamos. Escolhemos uma quinta-feira quando ia rolar uma festa temática “Swing Lingerie Night”. Helena foi com “modelito vestida para matar” – decotão e vestidinho curto deixando à mostra a calcinha minúscula. Bucetinha e o bundão bem a mostra. Entramos e sentamos em uma mesa próxima à entrada para observar os casais que chegavam. Todos de bom nível, bem vestidos, aparentando idade entre 40 e 60 anos. Mesmo nos sentindo em casa, ambientado, pedimos um espumante para relaxar. Público reconhecido e aprovado, resolvemos conhecer os diversos ambientes da casa e claro nos divertir bastante! […]

Veja mais