10 de Janeiro de 2018

AMO MEU MARIDO JAPONÊS – PAU PEQUENO E CORNINHO MANSO

Sou sansei, descendente de japoneses, 40 aninhos, seios médios, bumbum bonitinho, coxas não muito grossas, obediente, submissa, uma verdadeira gueixa. Sou casada com um japonês legítimo, maduro, 60 anos, liberal, obediente, corno mansinho compreensivo e incentivador. Somos do interior de São Paulo. Ele trabalha na capital e aos finais de semana ficamos juntos e nos divertimos muito na noite paulistana. Toda vez que vou a Sampa ele me presenteia com roupinhas ousadas, decotadas, minissaias curtinhas, shortinhos apertados que marcam bem a buceta. Adora que eu vista e passeie pela cidade com elas. Ele sabe que gosto muito dele, mas que não supre minhas necessidades sexuais. Não é como eu gosto. É preciso muito mais para aplacar meu fogo. O maior motivo é o pau dele que é pequeno e não me satisfaz. Fica “sambando”, folgado lá dentro e não sinto nada. Ele sabe entende e colabora – Ele me deixa cornea-lo. Em matéria de sexo é muito criativo e como falei liberal – tem tesão que eu seja hotwife, me […]

Veja mais
7 de Janeiro de 2018

VAMOS ABRIR A RODA, ENLARGUECER, POR FAVOR, ABRE A RODINHA.

Ano passado (2017) fizemos aqui no SeximaginariuM a enquete “Mulheres dar o cuzinho ou não”. Os resultados mostraram que as mulheres adeririam ao ato! E ai meninas sexo anal sim ou não: 41% já fizeram. 35% fazem sempre e adoram. Para 8% das mulheres “talvez quem sabe um dia”. 7% Fazem para agradar seus homens. 5% Fizeram e não gostaram. 5% Não farão de jeito nenhum. Dei o cuzinho a primeira vez para: Marido: 32% Namorado: 22% Pau amigo: 16% Amante: 16% Ficante: 13% Noivo: 2% Algumas leitoras deixaram suas opiniões: “Homem depois que prova um cuzinho, jamais vai deixar de querer… E mulher que tem a sorte de ter um homem que come um cuzinho direitinho, ah meu nego não deixa de dar nunca mais. Mas isso é igual a sexo oral, ou seja, é uma arte saber fazer.” “Humm cuzinho é tudo de bom na hora certa e com o cara que sabe das coisas. Eu adoro sexo anal… Claro tem que ser feito em concordância, já tive […]

Veja mais
3 de Janeiro de 2018

COMECEI 2018 ASSISTINDO MEU MARIDO “INAUGURAR” O CUZINHO DA MINHA AMIGA

O ano de 2018 começou quente! Principalmente para mim que sou uma cuckquean e boa esposa! Um casal de amigos – Claudemir e Bianca – nos convidou para passarmos o réveillon na casa de praia. Fomos nós e outro casal – Lu e o Valdir… Somos três otimas amigas e confidentes faz um bom tempo. Chegamos a Maresias na madrugada da sábado, exaustos e fomos dormir. No sábado levantamos tarde, tomamos café e, apesar do tempo nublado, fomos à praia. Bebemos muito, principalmente o Claudemir, marido da Bianca, que, apesar de espirituoso, não tem limites. Beija e agarra minha amiga o tempo todo, passa a mão na bunda dela na frente de todos e o pior, expõe a esposa e provoca: – Então Valdir, não gostaria de ter uma mulher como a Bianca? Ele meio “sem graça” respondeu: – Claro a Bianca é muito bonita, mas tem marido! A sorte é que a Lu, esposa do Valdir, tinha ido caminhar na praia senão teríamos problemas rsrs! Ela é muito ciumenta! […]

Veja mais
15 de dezembro de 2017

LEITORA CONFESSA: INICIEI MEU MARIDO NA INVERSÃO

Sou casada faz quinze anos com um homem maravilhoso, mas, no sexo, tudo era muito convencional. Eu tinha a fantasia de fazer inversão e gozava muito imaginando eu penetrando o cuzinho dele. Mas a duvida – Como faria para dizer e propor isso a ele? Li muito e conversei com algumas pessoas que postavam depoimentos sobre inversão na net. Uma delas escreveu aqui no blog dizendo que o marido era carinhoso, quente e que gostava de ser penetrado por ela! Perguntei a ela, como fazer para convencê-lo? Depois de muita conversa e varias dicas consegui! E vou contar para vocês como foi: Como já estávamos casados há muito tempo e com muita intimidade, além de fazer sexo de forma tradicional “papai-mamãe”, sensual e romântica resolvi ser mais ativa, propondo sexo em posições diferentes, gemendo mais para valoriza-lo. Pelas manhãs, como ele está mais disposto, resolvi acorda-lo fazendo uma boa chupeta, lubrificando o pau dele com cremes aromáticos. Após o oral rolava uma trepada mais gostosa… Os meses foram passando e, […]

Veja mais
13 de dezembro de 2017

A PRIMEIRA BUCETINHA AGENTE NUNCA ESQUECE – PARTE 2

Passado algum tempo eles continuavam amantes, mas como Ricardo não conseguia convencer Carla ser “nossa”, o jeito foi eu entrar em cena e dar um empurrãozinho!! Num desses “happy hours” Carla bebeu além da conta. Ricardo se ofereceu para levá-la para casa. – Imagina Ricardo não quero incomodar vocês. Pego um taxi… Prontamente respondi: – Carla aproveite a carona, não há problema, eu vim com meu carro. – De jeito algum, não quero atrapalhar vocês. Enquanto esperávamos os nossos carros Ricardo puxou Carla pela cintura e “tascou” um beijo na boca dela ali na minha frente! Carla que estava “molinha e facinha” não interrompeu o beijo. Quando terminaram ela me olhou assustada e disse: – Carol não sei o que dizer… Desculpa! Exagerei na bebida! – Tudo bem Carla… Vem comigo, eu te levo para casa. Precisamos conversar. No caminho resolvi abrir o jogo: – Carla, meu marido te adora, fala muito sobre você…Na verdade o que ele sente é muito tesão por você… Eu como boa esposa, não posso […]

Veja mais
10 de dezembro de 2017

A PRIMEIRA BUCETINHA AGENTE NUNCA ESQUECE – PARTE 1

Sou casada, vida tranquila, família margarina “papai, mamãe, filhinho, bichinhos…” Sexo bom, mas com vontade de apimentar a relação. Eu como boa cuckquean resolvi realizar uma fantasia que tenho faz tempo: Ver meu marido Ricardo comendo outra mulher. Na verdade um tesão em dobro: Meu e dele! Tempos atrás meu marido comentou sobre uma mulher que trabalhava com ele, que às vezes “dava mole” e se eu daria o meu consentimento para ele “investir”, sair com ela e quem sabe, comermos a delicinha. Ricardo aos poucos foi alimentando minha fantasia descrevendo os atributos da moça. Carla uma loira, cabelos longos e lisos, olhos verdes, 32 aninhos, 1,65 de altura, coxas grossas, pernas torneadas, bunda linda, seios médios durinhos… Além disso, era discreta e educada. O nosso “sonho de consumo” era perfeito. A parte mais complicada da nossa fantasia: Como convencer a gata loira virar namoradinha do Ricardo e Eu, Carol, participar da brincadeira. Como tenho ótima relação com os colegas dele comecei a frequentar os happy hours da empresa. O […]

Veja mais
26 de novembro de 2017

CONFESSO QUE DEI O C…ZINHO PARA UMA TRAVESTI

Desde menino sempre gostei de umas sacanagens com meus amigos de escola. Fazíamos troca-troca, dava o cu e comia, mas gostava mesmo era de chupar o pau deles. Isto aconteceu até minha adolescência. Casei cedo, gosto de uma buceta, mas sinto falta de uma rola. Durante o sexo com minha esposa peço para ela lamber meu cu, enfiar o dedo… Gozo muito com isso! Mês passado minha mulher foi viajar, fiquei sozinho em casa uma semana. Resolvi que ia “matar” saudades das sacanagens com os amigos… Voltando do trabalho, umas 19.00 h, resolvi passar pela av. Republica do Líbano para ver os travestis que trabalham ali na região e, quem sabe, pegar uma delas para me divertir. Passei por uma boneca loira que me chamou a atenção. Dei a volta no quarteirão e parei para falar com ela. Ao se aproximar do carro vi uma verdadeira mulher, alta, loira, de minissaia jeans, pernas lindas e uma rola pequena, mas deliciosa! Acertamos o valor do programa e fomos a um motel […]

Veja mais
9 de novembro de 2017

CONFESSO – QUERO VER MINHA ESPOSA DANDO PARA O MEU COMPADRE

Confesso que tinha muita vontade de ver minha esposa fodendo com meu amigo e compadre. Ele ficou viúvo fazia pouco tempo e estava muito “caidinho” precisando de carinho e buceta rsrs. Eu ficava muito excitado imaginando os dois juntos. Nunca tinha comentado essa fantasia com ninguém, nem mesmo com minha esposa. Um dia tomei coragem, estávamos meio bêbados, contei para ele a minha fantasia: Vê-lo fodendo minha mulher!  Depois que confessei a ele esse meu tesão o compadre, também amigo de longa data, ficou todo assanhado quando ia lá em casa…Ficava só observando e imaginando eu assistindo outro pau ( o dele) comendo a buceta dela, ele metendo bem forte até gozar e depois eu chupar ela todinha gozada, melando minha boca! Um dia, enquanto transavamos, falei com ela sobre esse meu tesão. No início ela disse que nunca, jamais, depois, com o passar do tempo, me disse que só toparia se fosse com outro homem, mas não com o compadre. Acho que era por causa da amizade… Ela dizia […]

Veja mais