18 de Abril de 2018

MACHOS ATENÇÃO! GOZAR 21 VEZES AO MÊS PODE SALVAR SUA VIDA!

Se você é homem e se preocupa com o seu desempenho sexual a ponto de estabelecer metas e contabilizar seu histórico, eis mais um desafio: Pesquisadores descobriram que gozar pelo menos 21 vezes por mês diminui significativamente as chances de se desenvolver o tumor na glândula, ou seja, o câncer de próstata. É isso mesmo que você leu: Gozar 21 vezes ao mês batendo punheta ou metendo pode salvar sua vida! O número magico é a quantidade de vezes que um homem precisa ejacular mensalmente para diminuir consideravelmente o risco de contrair câncer de próstata. É mais ou menos dizer que quem ejacula todo dia útil do mês tem 20% menos chance de ter a doença, comparado a quem ejacula entre quatro e sete vezes por mês. Para chegar a essa conclusão, pesquisadores da Universidade Harvard, nos Estados Unidos, analisaram as respostas de 31.925 homens saudáveis, com idade entre 20 e 49 anos, sobre a frequência em que tinham um orgasmo, seja com masturbação seja fazendo sexo. Os pesquisadores acreditam […]

Veja mais
6 de dezembro de 2017

PUNHETA

Ela olhava fixamente para o meu pau. Seus olhos brilhavam. Eu batia uma punheta, pau duro mostrando a cabeça rosada. Ela sorria de desejo e vontade. Chegava bem perto e eu enfiava a rola na boca dela. Fodia sua boca com meu pau. Enfiava com vontade segurando pela base batendo com ele na sua cara seu. Ela gemia de tesão. Ela chupava meu saco querendo enfia-lo todo na boca.  Ajoelhou na minha frente enquanto eu batia uma punheta bem perto do seu rosto. O tesão só aumentava. A vontade de gozar na sua cara dela também. Seus olhos imploravam. Sua boca salivava. Coloquei o pau novamente entre seus lábios. Ela babou deixando escorrer a saliva. Chupada molhada e macia do jeito que sempre sonhei. Meu corpo se arrepiaria. Tiro o pau da sua boca e surro mais um pouco no seu rosto. Gozei. Porra para todo lado. Ela engoliu meu pau inteiro, não querendo desperdiçar e ao mesmo tempo querendo sentir-se lambuzada pela porra. Alisei seu rosto lambuzado, limpei com […]

Veja mais