pornográfico

30 de outubro de 2017

“COISAS ERÓTICAS” – O 1º FILME PORNÔ BRASILEIRO

Em julho de 1982, estreava no Windsor, cinema tradicional do centro da cidade de São Paulo “COISAS ERÓTICAS”, o primeiro filme pornô brasileiro. Com um público de 4,7 milhões (17º lugar na lista das maiores bilheterias do cinema brasileiro de todos os tempos), o filme mudou a trajetória do cinema nacional. Atualmente o acesso ao material pornográfico produzido pelo mundo é fácil – internet, canais a cabo, DVD, BLU RAY – mas na época do lançamento de “COISAS ERÓTICAS”, ainda sob a censura do regime militar, era difícil conseguir e assistir um filme XXX. O VHS era raro no Brasil e o jeito era assistir dividir um pornô com amigos no “bom e velho” Super-8. Uma verdadeira punheta coletiva! Após o sucesso do 1º FILME PORNÔ_BR o público cinéfilo-punheteiro não queria mais ver apenas seios, nádegas e simulação de sexo com o pau mole. Para fazer sucesso nas bilheterias, era necessário mostrar explicitamente o “algo mais”! Em meados da década de 1980 a indústria paulistana da pornochanchada foi consumida pela […]

Veja mais
25 de outubro de 2017

O ERÓTICO E O PORNOGRÁFICO

É difícil traçar o limite exato, a fronteira, entre o erótico e o pornográfico. Já li muito sobre o tema, mas nunca cheguei à conclusão alguma. Mas vamos tentar refletir sobre o tema. O erotismo revela corpos e atos com mais sutileza. A pornografia explicita os atos sexuais, mostra a genitália desnuda e escancarada. O erótico desperta a libido e a imaginação. É a roupa branca, molhada, colada no corpo da mulher, a silueta de uma bunda revelada na contraluz. A pornografia, desperta o tesão, a vontade. É a boca engolindo um pau. Uma língua penetrando uma boceta. Lábios melados de gozo! Em resumo o erótico insinua e a pornografia explicita. Mas não apenas a mostra da genitália desnuda escancarada define a pornografia. Paus, bocetas, peitos e cus são mostrados em revistas, no cinema e em exposições. Mas isto é arte erótica ou pornografia? Pode ser arte. E se esses órgãos estiverem em funcionamento, no ato sexual? Isso é arte? Também! O critério da aparência ou não dos órgãos sexuais […]

Veja mais