12 de outubro de 2018

LEITOR PROCURA HOTWIFE DOMINADORA E PUTA

Me chamo Ivan, tenho 49 anos, claro, carinhoso e muito safado. Tenho uma situação financeira estável e bom nível cultural. Procuro uma hotwife, estabilizada economicamente que queira ser minha domme. Como compensação, farei dela uma rainha muito feliz e realizarei todas as suas fantasias, principalmente a possibilidade de ver minha amada fodendo com os seus amantes. Nunca tive essa experiência, o “mundo cuckold” ainda não faz parte da minha vida sexual, mas sempre tive muita vontade. Desejo e quero muito! Não vou resistir a isso, pois é algo incontrolável e perturbador que parece ter nascido comigo também, por isso resolvi viver essa vida de corno fiel aos pés da dona. Por esse motivo, estou aqui a procura de uma “ESPOSA DOMINADORA E PUTA” que compartilhará comigo o amor e o tesão. Eu como seu corninho a amarei e ficarei casto. Ou seja, um homem para sociedade e uma empregadinha da minha dona e dos seus amantes em casa e na cama. Sei que sexo é diferente de amor. Serei um […]

Veja mais
8 de outubro de 2018

LEITOR QUER SER CUCKOLD MAS NAMORADA NÃO!

Há dois anos atrás eu e minha namorada, eu com 28 anos e eu ela com 23, assistíamos vídeo pornô e depois fazíamos sexo muito gostoso. Depois de um tempo comecei a assistir sozinho vídeos cuckold. No começo eu achava que os caras eram sem noção e muito louco. Com ao passar do tempo isso me deixou muito curioso e fui me aprofundando no cuckold assistia vários e vários vídeos e lia relatos e histórias sobre o tema. Comecei a ficar muito excitado, parecia que meu pau iria rasgar de tão duro que ficava. Batia várias punhetas e gozava muito gostoso imaginando minha namorada fodendo com outro cara. Certo dia eu estava deitado com ela e conversávamos sobre eu passar muito tempo no celular então ela me perguntou – O que era cuckold que estava no meu histórico do Google? Na hora me deu um gelo da porra por que tinha duas pesquisas uma de cuckold e a outra de como convencer minha namorada a trepar com outro cara. Ela […]

Veja mais
1 de outubro de 2018

LEITOR CONTA COMO FOI A PRIMEIRA EXPERIÊNCIA NO SWING

Esta é uma experiência no swing que eu gostaria de compartilhar com os leitores do SeximaginariuM. Tenho 37 e minha mulher 34. Há algum tempo fantasiamos a minha esposa transando com outro cara. Ela até já me chamava de corno na cama e dizia que estava louca para dar para outro macho. Decidimos realizar essa experiência numa casa de swing. Ela foi com um vestido bem sexy, estava muito gostosa. Chegamos na casa e ficamos curtindo no bar. Em determinado momento fomos espiar o que acontecia nos outros ambientes. Entramos em um quarto onde haviam vários casais assistindo uma coroa chupando dois caras: o marido e um moreno bombado. Minha mulher ficou muito atraída pelo moreno que tinha um corpo legal e um pau bem grosso. A mulher parou de chupá-los e a festinha terminou… Todos desceram e fomos atrás deles. Foram para a pista de dança e ficaram por um tempo lá. De longe, minha mulher e eu observávamos e ela me falava que o moreno era gostoso o […]

Veja mais
16 de agosto de 2018

LEITOR CONFESSA: SOU CORNO SUBMISSO E MINHA ESPOSA PUTINHA

Sou casado há 16 anos e corno há 11 anos. Atualmente minha esposa tem um amante fixo que frequenta minha casa faz dois anos. Temos também relação com um casal maravilhoso – Saímos, vamos a festas, viajamos e transamos sempre que possível. Esta amizade já dura há 12 anos. Minha esposa me faz de mordomo quando transamos com eles. Sirvo cerveja, vinho, água, petiscos e o que pedirem. Também já até dei banho no amante para que ele pudesse transar limpo e cheiroso com a minha esposa, inclusive lavando muito bem o seu pau. O amante mete sem camisinha e goza dentro da buceta dela. Terminada a foda, enquanto eles namoram e se beijam, ela me manda limpar o pau dele e a buceta dela com a boca e a língua. Eles não se importam com a minha presença, ou seja, me ignoram por completo. Ele também é casado, a esposa dele é bem liberal e tem uma cabeça muito aberta. Frequenta nossa casa, sabe das nossas transas, Já assistiu […]

Veja mais
10 de agosto de 2018

COMEDOR DE ESPOSAS CONTA COMO INICIOU UM CASAL

Sou comedor de BH com muita experiência em fazer maridos cornos felizes e esposas satisfeitas com meu pau de 22 cm. Vou contar um encontro com um casal de Curitiba. O marido mandou mensagem se apresentando como medico a procurava de um comedor para satisfazer sua esposa. Perguntou se eu tinha experiência porque seria a primeira vez do casal e que sua esposa queria ver fotos minhas principalmente do meu pau… Respondi que sim, que já tinha saído e iniciado alguns casais, que tinha um pau razoável e que iria mandar as fotos. Um novo contato veio após uma semana. O doutor me disse que sua mulher gostou do dote, ficou animada, que eles eram de Curitiba e que iriam daqui um mês a um congresso em BH, onde moro, e queriam me conhecer. No dia combinado, liguei e fui até o hotel que eles estavam hospedados. Receberam-me no quarto, conversamos tranquilamente… A esposa aparentando uns 50 anos – cintura fina, cabelos cor de mel, seios médios e bunda redondinha […]

Veja mais
5 de agosto de 2018

LEITORA HOTWIFE PROCURA BISSEXUAL PASSIVO CUCKOLD

Sou Adriana, professora, sou formada em Pedagogia com Mestrado em Educação, tenho 42 anos, duas filhas e um neto. Uma das filhas é casada e outra é adolescente de 15 anos. Sou separada há cerca de 2 anos e levo uma vida tranquila, porém diante de várias tentativas frustradas de m relacionamento “normal”, após conhecer alguns casais que possuem uma vida liberal e HARMONIOSA, por curiosidade resolvi interagir com ele e percebi que a vida deles é muito mais ESTÁVEL e emocionalmente mais afetiva pois ambos compartilham tudo, principalmente o prazer, SEM MENTIRAS, SEM COBRANÇAS E SEM POSSESSÃO. Diante disso que resolvi buscar um relacionamento assim, SOMENTE com homens dispostos a serem CORNO MANSOS, preferencialmente bissexuais e melhor ainda se forem bissexuais PASSIVOS, porque os casais com os quais eu convivo são todos assim e pensam juntos até na hora de escolher qual a melhor curtição para ambos. caso, nãos estejas disposto a ser BISSEXUAL PASSIVO, ao menos que entendas que não estou disposta a me relacionar com mulheres ou […]

Veja mais
20 de julho de 2018

HOTGIRL QUER UM CORNO PRA SE TORNAR UMA HOTWIFE

Tenho 42 anos, com aparência de 30. Sou muito bonita, corpo em forma, elegante (nunca vulgar) e atraio olhares por onde passo. Meu primeiro contato com o mundo cuckold foi por acaso. Eu tinha acabado de me divorciar. O casamento ia de mal a pior e meu apetite sexual, que meu marido não alimentava, crescia exponencialmente. Durante esses anos ruins eu pensava em transar com outros homens. Meu tesão era um ménage com duas rolas. Pedi o divórcio no final de 2016, e a partir dai, comecei a sair discretamente porque ainda não tinha assinado os papéis. Sentia-me uma vagabunda saindo dos padrões e dando pra gente desconhecida, mas isso só me deixava mais excitada. Em julho de 2017, depois do divorcio sacramentado, fui com duas amigas comemorar numa boate GLS. Achei que por ser boate gay não ia rolar nada. Que engano! Beijei quatro caras e acabei levando três pra cama. A partir dai queria todos e não queria nenhum. Queria o prazer sem ter compromisso. Passei a procurar […]

Veja mais
13 de julho de 2018

UM MENAGE DELICIOSO – EU MEU MARIDO E MINHA MELHOR AMIGA

Olá sou Mariela. Sempre tive vontade de ver meu marido fodendo com outra mulher na minha frente, mas precisava ser alguém de confiança. Tenho uma amiga de muitos anos, Cátia ela é professora, 1,75, cabelos castanhos olhos peitos e bunda grande, bem gostosa! Percebi que quando ela vai em casa meu marido não tira os olhos da bunda dela… Pensei: Cátia é minha superamiga, meu marido tem tesão por ela… Bingo! Encontrei a terceira pessoa para a nossa surubinha. Conversei com ela e confessei o nosso fetiche – Ver meu marido Thiago comendo outra mulher e se desse tesão participar. Ela ficou assustada e não falou mais nada, mas conhecendo minha amiga ela deve ter pensando e muito no “assunto”. Expliquei que o melhor que nosso encontro acontecesse sem que meu marido soubesse da minha intensão. Que tudo aconteceu naturalmente, quase acidental. Passado uma semana ela me ligou e me perguntou como seria, o que ela tinha que fazer, se meu marido iria comer as duas. – Amiga, não sei… […]

Veja mais