10 de Fevereiro de 2018

MULHER PROCURA RELACIONAMENTO CUCKOLD

Me chamo Anne, tenho 34 anos, morena, carinhosa e muito fogosa. Tenho uma situação financeira estável e bom nível cultural. Procuro um homem maduro (50 anos ate 70 anos), estabilizado economicamente que queira ser meu cuckold. Como compensação, farei dele um corninho muito feliz e realizarei todas as suas fantasias, principalmente a possibilidade de ver sua amada fodendo com os amantes. Nunca tive essa experiência, o “mundo cuckold” ainda não faz parte da minha vida sexual, mas sempre tive muita vontade. Desejo e quero muito! Não vou resistente a isso, pois é algo incontrolável e perturbador que parece ter nascido comigo, por isso resolvi viver essa vida de hotwife. Por esse motivo, estou aqui a procura de um “marido corno” que compartilhará comigo o amor e o tesão. Eu como esposa o amarei e transarei com vários parceiros. Ou seja, uma dama para sociedade e uma puta na cama. Lembrando que, sexo é diferente de amor. Entendo que o verdadeiro cuckold, tratará a sua hotwife como uma dama, agradará, mimará, […]

Veja mais
28 de Janeiro de 2018

REALIZEI MINHA FANTASIA: “PEGUEI” MINHA AMIGA!

Há algum tempo, numa festinha de despedida de solteira, rolou a brincadeira do jogo da verdade… Todas bêbadas, uma das meninas deixou claro que adoraria “me pegar”! No início fiquei assustada, mas, despertou em mim a curiosidade de ficar com uma mulher. Depois disso, mantive contato com minha amiga e resolvemos “apresentar e colar” as bucetas. Fizemos nossa primeira farrinha na casa dela. Aproveitamos que o marido estava viajando e… Foi simplesmente maravilhoso! Ficamos outras vezes juntas, com os maridos assistindo, mas sem troca de casais. Primeiro a “festinha” era entre nós duas e depois com eles participando. Minha amiga mudou-se de São Paulo. Continuei casada, mas sempre querendo transar com outra mulher. Convenci meu marido a frequentarmos uma casa de swing… Amei! É uma putaria do caralho! Mas o que procurava ali era encontrar uma gata pra matar a minha vontade de ser chupada novamente. Entrei no grupo de watsapp do clube, coloquei uma foto da minha bunda com uma calcinha minúscula… Isso foi suficiente pra muitos elogios e […]

Veja mais
15 de Janeiro de 2018

REALIZEI A FANTASIA DO MEU “VÉIO” – SER CORNEADO!

Sou uma coroa com 60 anos, casada há 35 anos e sempre fiel ao meu marido. Vontade de ter outra experiência, ter outro homem, não me faltou, mas me mantive firme! Sexo aqui em casa não é lá grande coisa, é escasso, mesmo porque, o “véio” tem dificuldade de manter o pau duro. De uns tempos para cá meu marido apareceu com uma novidade estranha: Pede para eu ter outro homem. No início achei que fosse brincadeira, mas ele confessou que era um fetiche, um tesão. Relutei muito, pois, mesmo tendo vontade, não achava certo. Meu marido sempre insistindo em realizarmos a sua fantasia, até que um dia ele vendou meus olhos e me comeu como se fosse outro homem. Eu gostei da brincadeira. Senti que o pau dele ficou durinho! Para apimentar mais ainda troquei o nome dele, chamava-o de outro qualquer. Gozavamos muito! Fizemos esse jogo varias vezes até que, numa noite, ele vendou meus olhos, me colocou de quatro, apagou a luz e, quando senti o pau […]

Veja mais
10 de Janeiro de 2018

AMO MEU MARIDO JAPONÊS – PAU PEQUENO E CORNINHO MANSO

Sou sansei, descendente de japoneses, 40 aninhos, seios médios, bumbum bonitinho, coxas não muito grossas, obediente, submissa, uma verdadeira gueixa. Sou casada com um japonês legítimo, maduro, 60 anos, liberal, obediente, corno mansinho compreensivo e incentivador. Somos do interior de São Paulo. Ele trabalha na capital e aos finais de semana ficamos juntos e nos divertimos muito na noite paulistana. Toda vez que vou a Sampa ele me presenteia com roupinhas ousadas, decotadas, minissaias curtinhas, shortinhos apertados que marcam bem a buceta. Adora que eu vista e passeie pela cidade com elas. Ele sabe que gosto muito dele, mas que não supre minhas necessidades sexuais. Não é como eu gosto. É preciso muito mais para aplacar meu fogo. O maior motivo é o pau dele que é pequeno e não me satisfaz. Fica “sambando”, folgado lá dentro e não sinto nada. Ele sabe entende e colabora – Ele me deixa cornea-lo. Em matéria de sexo é muito criativo e como falei liberal – tem tesão que eu seja hotwife, me […]

Veja mais
17 de novembro de 2017

FESTINHA QUENTE A TRÊS – SEXO ANIMAL “DE QUEBRAR A CAMA”

Há cerca de três meses Eu e Marisa, minha esposa, fomos à Porto Alegre aproveitar o final de semana na capital gaúcha. Chegamos numa sexta feira à tarde e nos hospedamos em um hotel no bairro Belo Vista. À noite fomos jantar em um restaurante de comida contemporânea muito agradável, bem decorado e aconchegante. Aproveitei que teríamos um final de semana tranquilo na Cidade e liguei para Fernanda “Gauchinha” uma Garota de Programa linda e gostosa que conhecemos pela internet. Eu estava com péssimas intenções. Além de conhecê-la “ao vivo e a cores”, daria um presente para Marisa – uma noitada de muito sexo Eu, Ela e Fernanda. Uma frase da gata, que li no Facebook dela não saia da minha cabeça: “Se a parceria for boa, o sexo comigo é de quebrar a cama”. Depois de ler isso fiquei com muito tesão em poder dividir minha esposinha com a Gauchinha. Seria fantástico! Marisa ficou excitada com a ideia. Há muito Ela vinha pedindo para sairmos com outra mulher. Combinamos […]

Veja mais
15 de outubro de 2017

BALADA LIBERAL – TUDO É PERMITIDO NADA É OBRIGATÓRIO

Um ex-líder religioso mórmon entusiasta do então revolucionário conceito dos hipermercados – Paulo Machado; a filha jovem, bonita e bem-criada de um professor da USP- Luciana Godoi; e seu tio torto, proprietário de linhas telefônicas vitimado pela privatização – Gabriel Gonzalez Fuentez montaram um negócio igualmente improvável: Uma bem-sucedida casa de swing para quem não faz exatamente swing, localizada na Rua Augusta, em São Paulo, e chamada Nefertitti. Com o “t” dobrado porque a numeróloga do tio torto mandou e o religioso mórmon preferiu não objetar. A Nefertitti é como se fosse o famoso Love Story paulistano de uma década atrás, quando playboys e prostitutas – já despidas de suas pessoas jurídicas – celebravam a libido, a putaria e o uísque paraguaio na “casa de todas as casas”. A diferença de que na Nefertitti supostamente não há prostitutas – a não ser aquelas apenas vocacionadas para a mesozoica profissão. “O que se desbunda dentro da Nefertitti é uma enormidade -.” A Nefertitti tem 10 anos. Passou por três endereços – […]

Veja mais
2 de outubro de 2017

O NÍVEL DE SAFADEZA DA MINHA ESPOSA É 1000!

Eu tinha 25 anos e casei com uma mulher madura com 36 anos. Estava terminando a faculdade e ela já era formada e trabalhava. Como eu só estudava quem mantinha a casa era ela. Minha esposa é linda, gostosa, 62 kg, morena cabelos lisos e… Muito safada. Amo muito minha esposa, mas não consigo apagar o fogo que ela tem! E para complicar meu pau mede apenas 12 cm e é fino. Quando enfio até o fundo na buceta dela ela pede mais… Após a gravidez e o nascimento do nosso filho, o fogo e o tesão dela aumentaram muito! E agora com uma pimenta: Quando ela chega em casa à noite, me chama no quarto, fecha a porta, manda eu ficar deitado e colocava a buceta na minha boca para eu chupar. Sempre muito molhada, com cheiro e sabor diferente. Enquanto eu chupo, ela me conta histórias de corninhos mansos e esposinhas putinhas… Que tinha vontade de dar para outro homem, mas um que tenha uma rola de no […]

Veja mais
17 de setembro de 2017

CONFESSIONÁRIO CUCKOLD – A VIDA COMO ELA É – 1

Minha esposa, 36 anos, me trai e sua preferência é meter com homens negros. Comecei a desconfiar das traições porque ela chegava em casa com a xereca toda molhada e melada. Me dizia que estava com vontade de meter, tentava me convencer que aquela meleca na buceta era do seu tesão por mim. Eu sabia que não era… Um dia ela resolveu abrir o jogo – contou “tim tim por tim tim”, que me traia e tinha sido varias vezes… Andou dando pra um negão e que chegava em casa melada da porra dele! O cara tinha uma rola grande e grossa e que era só ele colocar a cabeça da pica pra dentro da buceta que ela gozava muito! No início sofri pela traição, mas, mais tarde, lembrar que eu a comia minha esposa cheia de porra de outro cara, me deixava tarado. Hoje eu gosto de beija-la depois que o macho fixo dela (Negro, 40 anos, casado e bem dotado) goza na boquinha… Só fazemos isso com ele. […]

Veja mais