10 de agosto de 2018

COMEDOR DE ESPOSAS CONTA COMO INICIOU UM CASAL

Sou comedor de BH com muita experiência em fazer maridos cornos felizes e esposas satisfeitas com meu pau de 22 cm. Vou contar um encontro com um casal de Curitiba. O marido mandou mensagem se apresentando como medico a procurava de um comedor para satisfazer sua esposa. Perguntou se eu tinha experiência porque seria a primeira vez do casal e que sua esposa queria ver fotos minhas principalmente do meu pau… Respondi que sim, que já tinha saído e iniciado alguns casais, que tinha um pau razoável e que iria mandar as fotos. Um novo contato veio após uma semana. O doutor me disse que sua mulher gostou do dote, ficou animada, que eles eram de Curitiba e que iriam daqui um mês a um congresso em BH, onde moro, e queriam me conhecer. No dia combinado, liguei e fui até o hotel que eles estavam hospedados. Receberam-me no quarto, conversamos tranquilamente… A esposa aparentando uns 50 anos – cintura fina, cabelos cor de mel, seios médios e bunda redondinha […]

Veja mais
8 de agosto de 2018

PEGAÇÃO NO BANHEIRO MASCULINO – ALGUÉM JÁ?

Almoço praticamente todos os dias num shopping famoso de sampa. Conheço bem. Antes de almoçar resolvi dar uma passada no banheiro ao lado da lanchonete. Os putos já sacaram que agora o cara da limpeza fica menos tempo por lá porque tem que se revezar em dois banheiros. Quando estava chegando, próximo à porta do banheiro, dei uma olhada, não tinha certeza se teria algo por lá e tal. Mas fui. Logo que entrei vi três caras juntos nos mictórios. Um coroa de uns 45 anos, roupa social no canto, no meio um moleque, 20 anos e um terceiro cara, trintão, bonito, cara de rico, tipo desses que nasceram frequentando esse shopping. Encostei, dei uma olhada, ninguém estava disfarçando. O garoto, baixinho, estava catando no pau do coroa, batendo uma pra ele. O rico só olhava, de pau duro, calça aberta, um pau bacana, grande e grosso. Eu lá, olhando. O coroa deu uma olhada pra mim e sorriu, se afastou com o pau pra fora, acho que queria ver […]

Veja mais
27 de julho de 2018

CROSSDRESSER PASSIVO PROCURA NAMORADA

Tenho 42 anos, bonito, 1,79 76 kg, branco, nível cultural bacana, bem-conceituado no meio social. Sou de São Paulo, zona Sul, nenhum vício, não curto qualquer tipo de droga e bebo pouquíssimo, só tenho vontade de beber quando estou com alguém que valha a pena, e excitado. Sou bissexual, crossdresser de armário, bem resolvido em todos os aspectos. Nada afeminado fora de 4 paredes, acima de qualquer suspeita e jamais revelaria essa questão de ser crossdresser e/ou bi. Gosto de servir no sexo e prefiro ser passivo. Já fui casado, mas hoje solteiro. Com a ex-mulher não rolava nada… Muitas travas psicológicas. Tenho um closet secreto com muitas roupas, sapatos de salto, botas, coleções de lingeries lindíssimas, bom gosto mesmo. O que mais me dá tesão? Estar feminina (roupas femininas me deixam maluco, rs), servir minha mulher sexualmente, aventuras secretas de um casal. Vivi por pouco tempo uma experiência única com uma namorada, que um amigo dela, maquiador, me montou completamente – vestido curto, salto 15, lingerie vermelha por baixo. […]

Veja mais
11 de abril de 2018

PERDI O CABACINHO COM UM MACHO ROLUDO

Sou bem gostosinho e tenho uma bundinha bem durinha, mas nunca havia “dado” para outro homem. Conheci um cara na internet e combinamos tomar um café para nos conhecermos. Quando vi pessoalmente me deu tesão – alto, magro, com cara de malvado rsrsr. O garoto era bem decidido. Depois de meia hora de conversa, me convidou para irmos a um hotel ali próximo. Ele me pegou de surpresa! Meu coração parecia que ia sair pela boca. Topei! Logo que descemos do carro e entramos no quarto ele já veio me beijando e me pegando por trás. Chegou junto sem dó! Delícia sentir pela primeira vez o volume da rola dura na minha bundinha. Nunca tinha sentido a rola de outro homem. Ele abaixou a calca, colocou o pau para fora (enorme para os meus padrões), me puxou pelos cabelos em sua direção… Não tive escapatória e cai direto de boca naquela rola, hummmm que delícia. Fiquei de quatro olhando no espelho e chupando aquela rola. Pedi pra que enfiasse seus […]

Veja mais
18 de dezembro de 2017

AFIRA SEU “GAYDAR” E DESCUBRA SE SEU PRÍNCIPE É UMA CINDERELA

Você sabia que, em 10 “peneiradas”, pode descobrir se aquele que está em sua cama gosta mais de homens que de mulheres? As jornalistas Consuelo Dieguez e Ticiana Azevedo escreveram um guia bem-humorado e cheio de preconceitos intitulado “Cuidado! Seu príncipe pode ser Cinderella”. De acordo com as autoras objetivo do livro é auxiliar as mulheres ingênuas o seu “gaydar” (radar de gay) e descobrirem se seus namorados ou maridos são, na realidade, viados enrustidos. “Muitos gays se casam, têm filhos e passam a levar uma vida dupla pra lá de deplorável. São pessoas confusas que, sem a coragem de se assumir, ainda assim são individualistas e sem caráter a ponto de carregar uma mulher como sua refém sentimental pela vida afora. Ou pior: apenas para manter as aparências.” afirma o jornalista Gilberto Scofield, 44 anos gay bem resolvido. O livro foi escrito com base histórias verdadeiras de mulheres que achavam estar apaixonadas por um cara perfeito, sensível, elegante, vaidoso embora um pouco morno na cama. E um dia o […]

Veja mais
23 de outubro de 2017

PRÁTICA DO SEXO ANAL ENTRE AS MENINAS…

Muito praticado entre elas, mas pouco comentado. Apesar disso, muitas lésbicas fazem ou sentem curiosidade em fazer. Sexo anal entre lésbicas ainda é um tabu. Talvez por ser mais íntimo que a penetração vaginal, ou ainda por carregar certo tom de “submissão”, herdado do sexo anal heterossexual. A prática de sexo anal entre garotas, apesar disto tudo, é bastante comum. Atrevo-me a dizer, até, que é mais fácil uma mulher permitir ter o cuzinho penetrado pelos dedos da parceira do que pelo pinto de um homem, pois o desconforto que pode acontecer durante o início da penetração é bem menor. O começo… Quando as meninas resolvem praticar sexo anal, é fundamental que estejam bem confortáveis e com muito tesão. O cuzinho não é tão elástico quanto à bucetinha e pode sofrer algumas fissuras quando a penetração não é realizada com cuidado. Lubrificação é essencial, seja com muita saliva ou com lubrificantes. Uma alternativa para aumentar a excitação, ajudar a relaxar e lubrificar ao mesmo tempo é, na hora do sexo […]

Veja mais
14 de setembro de 2017

TUCKING – O TRUQUE TRANS PARA ESCONDER O PAU

“Esconder meus órgãos sexuais é o que menos  me preocupa. Conheço vários segredinhos das trans mais velhas que dão super certo. É o básico, a gente prende para trás, como todo garoto faz de brincadeira uma hora ou outra” LEA T. Como fazer o “TUCKING” Chama-se de “Tucking” a técnica que muitos dos transgêneros MtF utilizam para esconder o pênis e conceder à região pubiana uma aparência feminina, o chamado “capôzinho de fusca”. Obviamente, para àquelas que tem um pênis pequenino, o resultado do “Tucking” é quase perfeito, pois além de ocultá-lo, a aparência fica realmente de um órgão genital feminino. Existem várias técnicas de “Tucking”, mas uma das mais usadas é a de puxar o pênis para trás, por entre os testículos, e prendê-lo com esparadrapo de forte aderência pela pele que cobre a glande à base inferior entre glúteos. Após prender o pênis por sobre o saco e por entre os testículos, levante a pele do saco por ambas as laterais, unindo-as acima do pênis já preso para […]

Veja mais
10 de agosto de 2017

O GATO É FISSURADO NO SEU CUZINHO? CUIDADO!

Uma discussão no Twitter me chamou a atenção. Uma garota baiana respondeu a um cliente obcecado pela sua bundinha (linda por sinal) que – “Homem obsecado (sic) por cu pra mim é viado”. Entrei na conversa, tomei porrada da baianinha gostosa, mas minha curiosidade  pelo tema “homens fissurados em sexo anal” foi maior. Veja o que encontrei: De acordo com as conclusões obtidas pela Dra. Mary Collins Scheer, homem que gosta de entrar por trás na sua mulher (comer o cuzinho), na verdade gostaria que o vizinho estivesse lhe enrabando. “As mensagens subliminares embutidas na prática do sexo anal em relações heterossexuais” – é recheada de polêmicas. Ela discute um tabu tão antigo quanto a prática sexual. Dra. Mary afirma categoricamente que os homens que se dizem heterossexuais e “comem com frequência um cuzinho” estão em conflito com a orientação sexual deles. Para a Dra. Scheer “O ato sexual onde o homem deixa a mulher de costas para ele possui um simbolismo de negação da anatomia feminina. É uma manifestação […]

Veja mais