14 de junho de 2017

CORNO MANSO PROCURA MULHER PARA CASAR!

Não sei se é fetiche, tara, perversão ou o que. Mas confesso que depois que descobri que minha esposa me corneava, a minha vida sexual mudou e ficou excelente! Passado o primeiro momento que fiquei puto, logo depois imaginava a cena dela fodendo com outros homens… Isso me dava tanto tesão que meu pau quase “trincava” de tão duro! Atualmente estou divorciado, mas não pela “cornitude” dela, muito pelo contrario, isso era a lenha que alimentava o fogo da relação que durou 10 anos. Posso afirmar o quanto foi prazeroso ter uma esposa gostosa que topava tudo e mais um pouco para satisfazer os desejos e fetiches do seu macho. Ela era insaciável, queria rola todos os dias (não era fazer amorzinho não, era meter forte mesmo!), mas eu não dava conta. Não tive escolha, liberei minha mulher para foder com outros homens, mas com uma única condição: Me contasse em detalhes todas as suas aventuras. Tivemos poucas, mas boas experiências juntos. Uma das melhores foi uma Dupla Penetração, em […]

Veja mais
7 de junho de 2017

MEU MARIDÃO ADORA CHUPAR MANGA COM FIAPOS!

Sou uma mulher que me livrei da obrigação de querer se fazer bonita ou aceitável raspando os pelos da minha buceta… Dói, inflama, coça ao nascer e é apenas um fetiche de alguns homens em querer nos ver como meninas, adolescentes impúberes, e não como mulheres. Dispensei alguns intolerantes e encontrei um homem maravilhoso que adora morder e chupar minha pentelheira. Encontrei esse meu macho de uma forma engraçada! O meu ex-marido dizia aos amigos que quem chupa uma manga com fiapos jamais vai querer comer maçã… Fez tanta propaganda que um amigo dele veio “conferir”, gostou tanto que estamos casados até hoje. O ex eu vejo de vez em quando, mas aprendeu que certas coisas a gente não faz propaganda, pois tem muita gente dispensando salada de fruta por uma manguinha. rsrsrs Não sou uma ursinha, mas faço sucesso e estou feliz com meus pentelhinhos que não medem mais que uns 3 ou 4 centímetros..

Veja mais
4 de junho de 2017

AMOR, DEIXA EU MIJAR NO SEU PAU?

Imaginar uma mulher fazendo xixi (mulher não mija!) me dava tesão, muito tesão. Para mim era fetiche, um deleite puramente visual… Até conhecer Helena. Noite dessas a delicinha interrompeu nossas preliminares e disparou: – Amor, preciso fazer xixi, mas quero que você venha junto e veja! Diante do apelo de Carla não pensei duas vezes, pulei da cama e fomos juntos ao banheiro… A situação me deixou com um puta tesão! – Estou morrendo de vontade de fazer xixi, tomei muita água antes de vir pra cá, mas não vou fazer no vaso, vou fazer no banho – Tenho tesão de mijar, fazer #goldenshower no pau de um homem… E vai ser no seu! Uau!! Finalmente ia realizar meu sonho… Ver uma bucetinha esguichando o liquido dourado e quente no meu pau. Dentro do box, ducha ligada… A gata agacha, se posiciona, coloca a buceta já molhada em cima da minha rola e sussurra: -Vou mijar no seu pau e sentar nele! Eu de frente para ela, olhando para sua […]

Veja mais
20 de Maio de 2017

AMOR…COME O MEU CUZINHO!

(Fuc, fuc, fuc, fuc…) – Amor… Fuc, fuc, fuc… – Beto! – O que? – Come o meu cuzinho! – Ãh? – Vai, come o meu rabinho. – Ah, não sei? – Não sabe? Comer um cuzinho? – Não, não é isso! – O que é então? – Você não está acostumada, pode doer! – Quem disse? Só dói nas primeiras vezes! – Epa… Quem disse o que? – Que não estou acostumada? – Você… Você nunca me disse isso? – Você nunca perguntou! – Peraí, você já deu o cuzinho? – Claro! – E o trouxa aqui pensando que ia ser o primeiro! – Ah, amor! Foi só uma ou duas vezes! – Porra, só falta você dizer que adorou! – Adorei, por que? Você não gosta? – Tô me sentindo um otário! Eu pensava que você era santinha! – Tá me chamando de puta? – Não, só achei que… – Tá deixa pra lá, come logo! – Não sei, tem certeza, pode machucar? – Come logo isso aí, […]

Veja mais
15 de Maio de 2017

CORNO SUBMISSO CONFESSA QUE O MACHO ALFA DA ESPOSA COME OS DOIS!

Boa tarde. Vou contar para os leitores do SeximaginariuM detalhes íntimos da minha vida conjugal. Somos casados faz 7 anos… Depois que eu e minha esposa nos conhecemos, durante nosso namoro, ela foi lentamente me induzindo a gostar de coisas que eu jamais imaginei curtir, como ela paquerar discretamente outros machos ou se exibir sutilmente provocando outros homens e, inconscientemente, eu fui começando a tomar gosto por esse tipo de situação. Descobri depois que a cornagem já está enraizada na família dela, pois o comedor da minha sogra já comia minha esposa bem antes da gente começar a namorar. Hoje, passados alguns anos, ela tem um comedor fixo, experiente e bem dotado. Minha esposa é quem escolhe os machos que vão come-la. È uma situação onde a química tem que rolar e por isso eu sempre respeitei. Meu papel é abordar o macho escolhido e conversar com ele sobre a situação, isso quando a iniciativa de chegar junto da minha mulher não parte do próprio macho, pois ela sempre deixa […]

Veja mais
10 de Maio de 2017

CASAL PRATICA DOGGING EM PRAÇA DE SAMPA E CONTA O QUE ROLA!

Uma noite dessas conversei pelo WhatsApp om uma leitora do sexiblog+18 e, no meio do papo, “rolou” um assunto interessante e excitante: A pratica do Dogging. Esta pratica que no Brasil é considerado crime de ato obsceno, significa a prática de sexo em locais públicos, como parques, praças, estacionamentos, geralmente com desconhecidos. O grande barato/emoção/tesão da prática é contar com a presença de voyeur ali olhando e muitas vezes participando e o risco de ser pego no flagra! O dogging começou na Inglaterra na década de 1970. É um misto de voyeurismo e swing e se baseia no prazer sexual alcançado com mais intensidade devido ao fato de desconhecidos estarem olhando e participando. O nome dogging traz diferentes significados – levar o cachorro para passear e observar os casais praticando sexo na praça ou mesmo pela similaridade dos cães de rua, que acasalam em qualquer hora e local. Esta prática erótica e ainda está começando no Brasil. Em São Paulo grupos têm se reunido em locais como os parques do […]

Veja mais
29 de Abril de 2017

ELA SENTE PRAZER EM SER MINHA ESPOSINHA. EU EM SER SEU CORNINHO!!

Somos um casal jovem. Eu, 28 anos, marido dedicado, faço tudo para ver minha mulher feliz! Carla é uma esposa maravilhosa, 25 aninhos, morena, uma boca gostosa demais, um beijo quente, uma fêmea que transpira tesão! Nestes quase 8 anos que estamos juntos tive poucas experiências como cuckold¹. No inicio optamos por Carla ter um macho fixo. O comedor da minha esposa tinha tudo o que ela esperava de um homem: Experiente, maduro com aproximadamente 50 anos, bem dotado (a rola dele 22 cm e grossa), sacana e extremamente dominador. Aos poucos ele passou a ter domínio sobre minha esposinha. Ele exigia de Carla submissão e obediência, que desse satisfação de sua rotina diária, onde estava e o que fazia. Minha esposa fazia isso com muito prazer! Nessa época eu raramente comia a Carla, pois ele, o macho, é quem determinava quando eu podia fazer sexo com minha esposa. O complicado é que minha mulher terminou se apaixonando por ele. Foi uma fase dificílima, mas que conseguimos superar juntos. Hoje, […]

Veja mais
26 de Abril de 2017

PLUG ANAL – PARA DEIXAR O C…ZINHO DA GATA NO PONTO!

Laura, morena gostosa e safadinha mete muito e gostoso, mas tinha medo de dar o cuzinho. Eu já tinha enfiado o dedo todinho no rabinho dela, melecava de gel e colocava um, depois dois… A gata delirava de tesão, mas quando tentava enfiar o meu pau ela sentia dor, não relaxava, contraia o rabinho… Eu precisava deixar o cuzinho da morena bem abertinho para enfiar a rola e gozar gostoso. Numa noite dessas bebemos muito e ela ficou soltinha. Coloquei Laurinha de quatro, chupei o cuzinho dela… Enfiei a língua… O buraquinho rosado e gostoso piscava. Gata relaxa! Vou brincar bem gostoso no seu cuzinho… – O que você vai fazer? O que é isso?? – Relaxe, vou colocar um plug anal, um brinquedinho feito para ser colocado no cuzinho. Dá tesão e ajuda a relaxar suas preguinhas! Lambuzei o rabinho da gata com gel e, enquanto massageava a bucetinha e o seu grelinho, coloquei o plug bem devagar. Colocava e retirava, olhando aquele buraquinho delicioso se abrindo para mim. […]

Veja mais