29 de novembro de 2017

VOCÊ TROCARIA UMA MULHER POR UMA LOVE DOLL?

Substituir uma mulher de verdade por uma boneca de silicone, quase uma Barbie em tamanho real, há quem ache esse fetiche bizarro e você? Pois saiba que no Japão e nos Estados Unidos as “love dolls” estão conquistando fãs e substituindo as velhas e sem graça bonecas infláveis. Essas bonecas perfeitas são a encarnação moderna das velhas bonecas infláveis. No Japão, o negócio cresceu tanto que até uma revista especializada no tema circula pelo país. Numa dessas publicações, uma reportagem diz que além das vendas crescentes das “love dolls”, inovações incluem aluguel de quartos e serviços de ‘acompanhantes’, para aqueles que querem transar com as bonecas. Nos Estados Unidos, a empresa Real Doll vende as bonecas de silicone por cerca de US$ 6.500. A textura e as formas do corpo das bonecas são desenvolvidas para dar a sensação mais realista possível. No site da empresa o “consumidor” é alertado que durante o ato sexual com a boneca, um vácuo é formado dentro dela proporcionando uma deliciosa sucção. Esse efeito é […]

Veja mais
26 de novembro de 2017

CONFESSO QUE DEI O C…ZINHO PARA UMA TRAVESTI

Desde menino sempre gostei de umas sacanagens com meus amigos de escola. Fazíamos troca-troca, dava o cu e comia, mas gostava mesmo era de chupar o pau deles. Isto aconteceu até minha adolescência. Casei cedo, gosto de uma buceta, mas sinto falta de uma rola. Durante o sexo com minha esposa peço para ela lamber meu cu, enfiar o dedo… Gozo muito com isso! Mês passado minha mulher foi viajar, fiquei sozinho em casa uma semana. Resolvi que ia “matar” saudades das sacanagens com os amigos… Voltando do trabalho, umas 19.00 h, resolvi passar pela av. Republica do Líbano para ver os travestis que trabalham ali na região e, quem sabe, pegar uma delas para me divertir. Passei por uma boneca loira que me chamou a atenção. Dei a volta no quarteirão e parei para falar com ela. Ao se aproximar do carro vi uma verdadeira mulher, alta, loira, de minissaia jeans, pernas lindas e uma rola pequena, mas deliciosa! Acertamos o valor do programa e fomos a um motel […]

Veja mais
6 de novembro de 2017

MULHERES PELUDAS FOTOGRAFADAS POR NIKKI SILVER

A fotógrafa Nikki Silver, em parceria com a educadora sexual Tina Horn, decidiu fazer um livro de fotografias, intitulado “Unshaven” (“sem depilação”), que celebra os corpos de mulheres que optaram por não tirar os pelos do corpo. Nikki Silver, uma premiada produtora de pornô, diz que já fotografou 40 mil mulheres peludas para seu site pornográfico NaughtyNatural (“natural impróprio”) quando decidiu publicar o livro Unshaven, que traz imagens feministas de modelos amadoras mostrando seus pelos corporais. Em entrevista ao ‘Huffington Post’, Silver disse que não está interessada em dizer a qualquer pessoa o que fazer com seu corpo. “No entanto, estou bem interessada na liberdade pessoal e na anatomia corporal, especialmente para mulheres e na apresentação feminina, que a sociedade frequentemente tenta controlar”, afirmou.

Veja mais
30 de outubro de 2017

“COISAS ERÓTICAS” – O 1º FILME PORNÔ BRASILEIRO

Em julho de 1982, estreava no Windsor, cinema tradicional do centro da cidade de São Paulo “COISAS ERÓTICAS”, o primeiro filme pornô brasileiro. Com um público de 4,7 milhões (17º lugar na lista das maiores bilheterias do cinema brasileiro de todos os tempos), o filme mudou a trajetória do cinema nacional. Atualmente o acesso ao material pornográfico produzido pelo mundo é fácil – internet, canais a cabo, DVD, BLU RAY – mas na época do lançamento de “COISAS ERÓTICAS”, ainda sob a censura do regime militar, era difícil conseguir e assistir um filme XXX. O VHS era raro no Brasil e o jeito era assistir dividir um pornô com amigos no “bom e velho” Super-8. Uma verdadeira punheta coletiva! Após o sucesso do 1º FILME PORNÔ_BR o público cinéfilo-punheteiro não queria mais ver apenas seios, nádegas e simulação de sexo com o pau mole. Para fazer sucesso nas bilheterias, era necessário mostrar explicitamente o “algo mais”! Em meados da década de 1980 a indústria paulistana da pornochanchada foi consumida pela […]

Veja mais
25 de outubro de 2017

O ERÓTICO E O PORNOGRÁFICO

É difícil traçar o limite exato, a fronteira, entre o erótico e o pornográfico. Já li muito sobre o tema, mas nunca cheguei à conclusão alguma. Mas vamos tentar refletir sobre o tema. O erotismo revela corpos e atos com mais sutileza. A pornografia explicita os atos sexuais, mostra a genitália desnuda e escancarada. O erótico desperta a libido e a imaginação. É a roupa branca, molhada, colada no corpo da mulher, a silueta de uma bunda revelada na contraluz. A pornografia, desperta o tesão, a vontade. É a boca engolindo um pau. Uma língua penetrando uma boceta. Lábios melados de gozo! Em resumo o erótico insinua e a pornografia explicita. Mas não apenas a mostra da genitália desnuda escancarada define a pornografia. Paus, bocetas, peitos e cus são mostrados em revistas, no cinema e em exposições. Mas isto é arte erótica ou pornografia? Pode ser arte. E se esses órgãos estiverem em funcionamento, no ato sexual? Isso é arte? Também! O critério da aparência ou não dos órgãos sexuais […]

Veja mais
18 de outubro de 2017

LIVRO REVELA “BABADOS SEXUAIS” DE LIZ TAYLOR

Elizabeth Taylor certa vez declarou que só havia dormido com os sete homens com quem se casou. Sua nova biografia intitulada “Elizabeth Taylor: There Is Nothing Like a Dame”, de Darwin Porter e Danforth Prince contradiz a diva hollywoodiana. O livro desmente Liz e afirma que ela fez sexo com vários atores, além dos presidentes americanos, John F Kennedy e Ronald Reagan. Segundo o tabloide “Daily Mail”, os autores da biografia não autorizada, passaram anos procurando escândalos envolvendo a estrela e escreveram o livro que contém “toda a fofoca dos tempos gloriosos de Hollywood”. Um dos autores Porter, jornalista veterano e “biografo” de Michael Jackson, Marilyn Monroe, Marlon Brando e Katharine Hepburn, se tornou amigo do assistente pessoal da atriz, Dick Hanley, e de seu amigo de muitos anos Roddy McDowall. Essa relação resultou em muito material e revelações feitas por eles no livro. A biografia de Liz Taylor (morta aos 79 anos em 2011) relata que ela tinha apenas 12 anos quando perdeu a virgindade com o ator e […]

Veja mais
15 de outubro de 2017

BALADA LIBERAL – TUDO É PERMITIDO NADA É OBRIGATÓRIO

Um ex-líder religioso mórmon entusiasta do então revolucionário conceito dos hipermercados – Paulo Machado; a filha jovem, bonita e bem-criada de um professor da USP- Luciana Godoi; e seu tio torto, proprietário de linhas telefônicas vitimado pela privatização – Gabriel Gonzalez Fuentez montaram um negócio igualmente improvável: Uma bem-sucedida casa de swing para quem não faz exatamente swing, localizada na Rua Augusta, em São Paulo, e chamada Nefertitti. Com o “t” dobrado porque a numeróloga do tio torto mandou e o religioso mórmon preferiu não objetar. A Nefertitti é como se fosse o famoso Love Story paulistano de uma década atrás, quando playboys e prostitutas – já despidas de suas pessoas jurídicas – celebravam a libido, a putaria e o uísque paraguaio na “casa de todas as casas”. A diferença de que na Nefertitti supostamente não há prostitutas – a não ser aquelas apenas vocacionadas para a mesozoica profissão. “O que se desbunda dentro da Nefertitti é uma enormidade -.” A Nefertitti tem 10 anos. Passou por três endereços – […]

Veja mais
2 de outubro de 2017

O NÍVEL DE SAFADEZA DA MINHA ESPOSA É 1000!

Eu tinha 25 anos e casei com uma mulher madura com 36 anos. Estava terminando a faculdade e ela já era formada e trabalhava. Como eu só estudava quem mantinha a casa era ela. Minha esposa é linda, gostosa, 62 kg, morena cabelos lisos e… Muito safada. Amo muito minha esposa, mas não consigo apagar o fogo que ela tem! E para complicar meu pau mede apenas 12 cm e é fino. Quando enfio até o fundo na buceta dela ela pede mais… Após a gravidez e o nascimento do nosso filho, o fogo e o tesão dela aumentaram muito! E agora com uma pimenta: Quando ela chega em casa à noite, me chama no quarto, fecha a porta, manda eu ficar deitado e colocava a buceta na minha boca para eu chupar. Sempre muito molhada, com cheiro e sabor diferente. Enquanto eu chupo, ela me conta histórias de corninhos mansos e esposinhas putinhas… Que tinha vontade de dar para outro homem, mas um que tenha uma rola de no […]

Veja mais