conto erótico

13 de julho de 2018

UM MENAGE DELICIOSO – EU MEU MARIDO E MINHA MELHOR AMIGA

Olá sou Mariela. Sempre tive vontade de ver meu marido fodendo com outra mulher na minha frente, mas precisava ser alguém de confiança. Tenho uma amiga de muitos anos, Cátia ela é professora, 1,75, cabelos castanhos olhos peitos e bunda grande, bem gostosa! Percebi que quando ela vai em casa meu marido não tira os olhos da bunda dela… Pensei: Cátia é minha superamiga, meu marido tem tesão por ela… Bingo! Encontrei a terceira pessoa para a nossa surubinha. Conversei com ela e confessei o nosso fetiche – Ver meu marido Thiago comendo outra mulher e se desse tesão participar. Ela ficou assustada e não falou mais nada, mas conhecendo minha amiga ela deve ter pensando e muito no “assunto”. Expliquei que o melhor que nosso encontro acontecesse sem que meu marido soubesse da minha intensão. Que tudo aconteceu naturalmente, quase acidental. Passado uma semana ela me ligou e me perguntou como seria, o que ela tinha que fazer, se meu marido iria comer as duas. – Amiga, não sei… […]

Veja mais
27 de junho de 2018

COMI O MELHOR CUZINHO COM MARGARINA DO MUNDO!

Eu sou Anderson, tenho 38 anos, tenho 1,80 de altura, sou branco e adoro praticar esportes e amor é claro! Minha mulher a Adriana tem 34 anos, 1,55 de altura, 62 kg, negra com uma bundona (mede 102 cm) durinha deliciosa que me deixa com muito tesão. Quando casamos, ela tinha 26 anos, uma bocetinha apertadinha (não fui o primeiro homem dela), mas o cuzinho virgem que não passava nem o dedinho. Quando chupava sua buceta aproveitava e chupava seu cuzinho, ela gemia, mas não me deixava comer. Aos poucos comecei a passar o dedo, molhava e ia acariciando bem de leve, só na portinha, principalmente enquanto ela me cavalgava, deixando minhas mãos livres. Quando ela ia gozar era a hora de eu enfiar um pouquinho, e com o tempo, eu já estava fodendo com o dedo o cuzinho da minha esposa. Um dia bebemos uma garrafa de vinho e falei que iria colocar a cabeça da rola para dentro. Ela relutou e disse que não, que ia doer, mas […]

Veja mais
13 de junho de 2018

EU E MARIDÃO FODEMOS A LOIRA SAFADA NA FRENTE DO MARIDO DELA

Tenho 40 anos, excelente forma física, seios médios, bunda durinha e redonda. Meu marido tem 55 anos, 1,85m de altura, 100 kg bem distribuídos e uma rola respeitável de 19 cm. Eu e meu marido adoramos uma putaria. No último sábado resolvemos retomar… Fazia algum tempo que não íamos a uma casa de swing. Mal chegamos a casa, fomos para o bar e tomamos um espumante. Ao nosso lado, um casal, uma loira bem gostosa, uns 45 anos, com cara de safada, daquelas que gosta da “coisa”! Ela estava acompanhada de um cara gordinho, porém estava dando a maior bola pro meu marido. A moça era uma graça, mas o marido um pouco difícil de encarar… Resolvi checar os “documentos” do cara e só confirmei o que já previa: pau pequeno! Nessa altura, os dois – meu marido e a loira – estavam conversando e bem entrosados em frente ao balcão. Eu sussurrei no ouvido dele: – Se você quiser pegar a gostosinha eu te ajudo, mas não me peça […]

Veja mais
25 de maio de 2018

CORNO PROCURA MACHO DE PAU GRANDE PARA SATISFAZER A ESPOSA

Minha esposa disse que não tinha mais tesão por mim e o melhor a fazer era nos separarmos. Diante do meu espanto completou: – Não vou mentir, estava me sentindo sozinha e abandonada, você vive para o trabalho e acabei me envolvendo com outro homem. Fiquei sem saber o que dizer, então perguntei quem era ele? – Estava “para baixo”, mas notei que nosso vizinho me olhava, estava interessado, me comendo com os olhos… Senti-me desejada. Começamos a conversar e, conversa vai, conversa vem, acabei dando para ele! Aquilo me chocou. Comecei a chorar e pedi que não me abandonasse, que eu a amava muito e não queria perdê-la. Ela me disse que depois de ter dado para ele não seria mulher de um homem só e que se eu ainda a quisesse teria que dividi-la com o vizinho. Disse que para não perdê-la completamente faria o que ela quisesse. Ela colocou um sorriso no rosto e, com uma cara de safada, me deu um beijo, e disse: – Você […]

Veja mais
22 de abril de 2018

COMEDOR DE CASAIS CONTA O QUE ROLOU COM O MARIDO E A ESPOSA

Comedor de Casais, leitor do SeximaginariuM, enviou relato de uma aventura que rolou com marido a e esposa. Me chamo Ricardo, 44 anos… Recebi um e-mail de um marido (também leitor do blog), que tinha tesão em ser cuckold, em ver sua esposa dando para outro homem. Me contou que ela, a esposa, já estava convencida, tinha esses tesão também, mas tinha receio, que queria conhecer o comedor antes… E que ele, o marido, estivesse junto. Regras estabelecidas, precisávamos colocar em prática. Após esses contatos iniciais marquei uma conversa com o marido em um shopping de SP. “Bolamos” um plano para eu conhecer a sua esposa: Eu seria um amigo que trabalhava na filial da empresa, que estava de passagem pela matriz e ele iria me convidar para jantar em sua casa. Data marcada, fui até a casa deles. Fui apresentado a esposa, uma mulher linda, acho que uns 55 anos, em forma, bem cuidada. Depois de bebermos muito vinho e o clima ficar bem descontraído, notei que ela olhava […]

Veja mais
15 de abril de 2018

A NOSSA PRIMEIRA E DELICIOSA TROCA DE CASAIS

Casal, leitores do SeximaginariuM, decidiu contar aos nossos leitores como foi a primeira experiencia deles na “troca de casais”. Tenho 55 anos e a minha esposa Inês 45 anos. Faz algum tempo que começamos a conversar sobre a possibilidade de experimentarmos o “mundo do swing”. Queríamos satisfazer nossa curiosidade e realizarmos essa fantasia sexual. Entre vários casais com que conversamos pelo Skype, um em particular nos chamou a atenção: Mesma faixa etária, condição econômica e, principalmente, nunca tinham feito troca de casais. Foram várias noites de conversas (Inês passava horas com Clara na internet). O jogo da sedução durou cerca de dois meses. Numa noite, estávamos os quatro online, a conversa esquentou muito e decidimos ligar nossas câmaras. As imagens nos deixaram muito excitados. O casal fez sexo oral e nós dois nos masturbamos em frente a câmera. Foi um “esquenta” para o real! Após esta noite resolvemos marcar um encontro para nos conhecermos pessoalmente – jantar, beber, descontrair e quem sabe… Chegamos ao restaurante, Marcos e Clara nos esperava. […]

Veja mais
4 de abril de 2018

DUAS ROLAS SÓ PARA MIM – EU, MEU MARIDO E O COMEDOR FIZEMOS UM MENAGE TESUDO!

Leitora enviou para o SeximaginariuM um conto tesudo: Tenho 26 anos e meu marido também. Somos casados faz cinco anos e estamos juntos há sete. Casei nova, ele também, porém, por ser homem, teve mais experiências sexuais do que eu. Eu só havia transado com ele e com meu ex-namorado, não tinha visto muita rola na vida e sentia falta disso. Faz uns dois anos que começamos a conversar sobre a possiblidade de realizarmos um fetiche – ménage masculino. Paulo sempre teve muito mais fogo que eu, me come muito bem, mas depois de realizar o tal fetiche – transar com outros caras – me sinto muito mais safada, parece que algo ativa no meu cérebro que fica adormecido quando passamos um tempo sem fazer. Meu marido fala que sente muito tesão e prazer de ver outro cara me comendo, me beijando e me dando tapas, rs. A primeira experiência foi em 2016 com um antigo colega que nem imaginava que meu marido “me liberava para meter”. Depois tive três […]

Veja mais
29 de março de 2018

REALIZAMOS NOSSO FETICHE – UMA SURUBINHA COM MINHA AMIGA

Eu e o Ricardo, meu marido, começamos a pensar em realizarmos a fantasia do “ménage” faz alguns meses. O sexo a três começou a fazer parte do cardápio das sacanagens e fetiches que povoavam nosso imaginário. Iniciamos assistindo vídeos pornôs e procurando em sites imagens de duas mulheres e um homem trepando… A possiblidade de realizarmos essa fantasia nos excitava muito. Deixava minha buceta muito molhada e o pau dele muito duro. Mas como e com quem faríamos? Quem toparia brincar da versão masculina de “Dona Flor e Seus Dois Maridos”, ou seja, Ricardo e suas duas bucetinhas. Lembrei-me de uma amiga, a Bianca, que tinha me contado que, quando casada, fazia ménage com o marido e outra mulher e gostava muito! Retomei o contato com ela, saímos nós duas algumas vezes, apimentamos a conversa e abri o jogo… Ela topou na hora! E, para minha surpresa, me contou que tinha atração por mim, e seria uma ótima oportunidade para me “pegar”. Escolhemos uma sexta-feira à tarde num motel. Chegamos […]

Veja mais