Comportamento

10 de dezembro de 2017

A PRIMEIRA BUCETINHA AGENTE NUNCA ESQUECE – PARTE 1

Sou casada, vida tranquila, família margarina “papai, mamãe, filhinho, bichinhos…” Sexo bom, mas com vontade de apimentar a relação. Eu como boa cuckquean resolvi realizar uma fantasia que tenho faz tempo: Ver meu marido Ricardo comendo outra mulher. Na verdade um tesão em dobro: Meu e dele! Tempos atrás meu marido comentou sobre uma mulher que trabalhava com ele, que às vezes “dava mole” e se eu daria o meu consentimento para ele “investir”, sair com ela e quem sabe, comermos a delicinha. Ricardo aos poucos foi alimentando minha fantasia descrevendo os atributos da moça. Carla uma loira, cabelos longos e lisos, olhos verdes, 32 aninhos, 1,65 de altura, coxas grossas, pernas torneadas, bunda linda, seios médios durinhos… Além disso, era discreta e educada. O nosso “sonho de consumo” era perfeito. A parte mais complicada da nossa fantasia: Como convencer a gata loira virar namoradinha do Ricardo e Eu, Carol, participar da brincadeira. Como tenho ótima relação com os colegas dele comecei a frequentar os happy hours da empresa. O […]

Veja mais
9 de dezembro de 2017

CUCKOLD UM ESTILO DE VIDA QUE DÁ MUITO PRAZER!

Já faz algum tempo que o leitores do SeximaginariuM veem curtido as postagens do tema cuckold, com inúmeros comentários. Alguns confessam terem muito tesão de serem cuckold (maridos, esposas e comedores) outros que já são adeptos à pratica ou querem iniciar! Mas o que é cuckold? O termo inglês cuckold vem do inglês cuckoo e faz referência à ave enganada pelo cuco, incuba seus ovos e criar seus filhotes. Na verdade é uma prática no qual o marido permite que sua esposa transe com outro homem (amante comedor) na sua frente ou não, mas com seu consentimento. Os praticantes do cuckold (marido, esposa e comedor) contam que a mulher atinge alto nível de excitação e prazer ao transar com um estranho com consentimento do marido. E claro, o marido também se excita muito ao ver sua esposa tendo prazer com outro homem. O prazer da pratica cuckold está na submissão, voyeurismo e humilhação da “perda” da mulher para o homem mais viril, no caso o amante comedor. O cuckold por […]

Veja mais
6 de dezembro de 2017

PUNHETA

Ela olhava fixamente para o meu pau. Seus olhos brilhavam. Eu batia uma punheta, pau duro mostrando a cabeça rosada. Ela sorria de desejo e vontade. Chegava bem perto e eu enfiava a rola na boca dela. Fodia sua boca com meu pau. Enfiava com vontade segurando pela base batendo com ele na sua cara seu. Ela gemia de tesão. Ela chupava meu saco querendo enfia-lo todo na boca.  Ajoelhou na minha frente enquanto eu batia uma punheta bem perto do seu rosto. O tesão só aumentava. A vontade de gozar na sua cara dela também. Seus olhos imploravam. Sua boca salivava. Coloquei o pau novamente entre seus lábios. Ela babou deixando escorrer a saliva. Chupada molhada e macia do jeito que sempre sonhei. Meu corpo se arrepiaria. Tiro o pau da sua boca e surro mais um pouco no seu rosto. Gozei. Porra para todo lado. Ela engoliu meu pau inteiro, não querendo desperdiçar e ao mesmo tempo querendo sentir-se lambuzada pela porra. Alisei seu rosto lambuzado, limpei com […]

Veja mais
29 de novembro de 2017

VOCÊ TROCARIA UMA MULHER POR UMA LOVE DOLL?

Substituir uma mulher de verdade por uma boneca de silicone, quase uma Barbie em tamanho real, há quem ache esse fetiche bizarro e você? Pois saiba que no Japão e nos Estados Unidos as “love dolls” estão conquistando fãs e substituindo as velhas e sem graça bonecas infláveis. Essas bonecas perfeitas são a encarnação moderna das velhas bonecas infláveis. No Japão, o negócio cresceu tanto que até uma revista especializada no tema circula pelo país. Numa dessas publicações, uma reportagem diz que além das vendas crescentes das “love dolls”, inovações incluem aluguel de quartos e serviços de ‘acompanhantes’, para aqueles que querem transar com as bonecas. Nos Estados Unidos, a empresa Real Doll vende as bonecas de silicone por cerca de US$ 6.500. A textura e as formas do corpo das bonecas são desenvolvidas para dar a sensação mais realista possível. No site da empresa o “consumidor” é alertado que durante o ato sexual com a boneca, um vácuo é formado dentro dela proporcionando uma deliciosa sucção. Esse efeito é […]

Veja mais
26 de novembro de 2017

CONFESSO QUE DEI O C…ZINHO PARA UMA TRAVESTI

Desde menino sempre gostei de umas sacanagens com meus amigos de escola. Fazíamos troca-troca, dava o cu e comia, mas gostava mesmo era de chupar o pau deles. Isto aconteceu até minha adolescência. Casei cedo, gosto de uma buceta, mas sinto falta de uma rola. Durante o sexo com minha esposa peço para ela lamber meu cu, enfiar o dedo… Gozo muito com isso! Mês passado minha mulher foi viajar, fiquei sozinho em casa uma semana. Resolvi que ia “matar” saudades das sacanagens com os amigos… Voltando do trabalho, umas 19.00 h, resolvi passar pela av. Republica do Líbano para ver os travestis que trabalham ali na região e, quem sabe, pegar uma delas para me divertir. Passei por uma boneca loira que me chamou a atenção. Dei a volta no quarteirão e parei para falar com ela. Ao se aproximar do carro vi uma verdadeira mulher, alta, loira, de minissaia jeans, pernas lindas e uma rola pequena, mas deliciosa! Acertamos o valor do programa e fomos a um motel […]

Veja mais
23 de novembro de 2017

VIDENTE GANHA MUITA GRANA “LENDO” A BUNDA

Não odeie tanto suas celulites e suas estrias. Elas podem ser úteis de alguma forma. Pelo menos para que você saiba o seu futuro. Trata-se da rumpologia (de “rump”, nádegas em inglês), a “ciência” que permite ler o futuro analisando a bunda. Rumpólogas, naturalmente, são raras. No Reino Unido, a única se chama Sandra Amos. Recentemente, Antía Castedo, repórter da revista “Soho”, exibiu a bunda para a “vidente”. Sandra tem acesso ao futuro das pessoas por meio de três “guias” espirituais: um índio de Dakota do Norte (EUA), um médico e uma monja. “Todos nós temos o futuro escrito nas nádegas”, afirmou Sandra, que chama o traseiro de “enciclopédia” das nossas vidas. Ela tem 58 anos e há 18 lê bundas. Tudo começou com uma brincadeira em uma festa. Sandra foi desafiada por um amigo a ler as nádegas dele. A “vidente” topou. A previsão deu certo e Sandra decidiu incorporar a rumpologia ao seu dia a dia profissional. A nádega esquerda mostra o passado, diz Sandra. A direita apresenta […]

Veja mais
17 de novembro de 2017

FESTINHA QUENTE A TRÊS – SEXO ANIMAL “DE QUEBRAR A CAMA”

Há cerca de três meses Eu e Marisa, minha esposa, fomos à Porto Alegre aproveitar o final de semana na capital gaúcha. Chegamos numa sexta feira à tarde e nos hospedamos em um hotel no bairro Belo Vista. À noite fomos jantar em um restaurante de comida contemporânea muito agradável, bem decorado e aconchegante. Aproveitei que teríamos um final de semana tranquilo na Cidade e liguei para Fernanda “Gauchinha” uma Garota de Programa linda e gostosa que conhecemos pela internet. Eu estava com péssimas intenções. Além de conhecê-la “ao vivo e a cores”, daria um presente para Marisa – uma noitada de muito sexo Eu, Ela e Fernanda. Uma frase da gata, que li no Facebook dela não saia da minha cabeça: “Se a parceria for boa, o sexo comigo é de quebrar a cama”. Depois de ler isso fiquei com muito tesão em poder dividir minha esposinha com a Gauchinha. Seria fantástico! Marisa ficou excitada com a ideia. Há muito Ela vinha pedindo para sairmos com outra mulher. Combinamos […]

Veja mais
9 de novembro de 2017

CONFESSO – QUERO VER MINHA ESPOSA DANDO PARA O MEU COMPADRE

Confesso que tinha muita vontade de ver minha esposa fodendo com meu amigo e compadre. Ele ficou viúvo fazia pouco tempo e estava muito “caidinho” precisando de carinho e buceta rsrs. Eu ficava muito excitado imaginando os dois juntos. Nunca tinha comentado essa fantasia com ninguém, nem mesmo com minha esposa. Um dia tomei coragem, estávamos meio bêbados, contei para ele a minha fantasia: Vê-lo fodendo minha mulher!  Depois que confessei a ele esse meu tesão o compadre, também amigo de longa data, ficou todo assanhado quando ia lá em casa…Ficava só observando e imaginando eu assistindo outro pau ( o dele) comendo a buceta dela, ele metendo bem forte até gozar e depois eu chupar ela todinha gozada, melando minha boca! Um dia, enquanto transavamos, falei com ela sobre esse meu tesão. No início ela disse que nunca, jamais, depois, com o passar do tempo, me disse que só toparia se fosse com outro homem, mas não com o compadre. Acho que era por causa da amizade… Ela dizia […]

Veja mais