8 de Abril de 2018

HOJE É DIA DE FODER PALMEIRENSE

O safadão corintiano fotografou a foda com a gata palmeirense para comemorar o título do Campeonato Paulista 2018. A Palmeirense gostosa colocou a camisa do verdão para agradar seu macho corintiano e entrou no clima liberando a bucetinha e o cuzinho para ele e para o amigo. Acho que os Palmeirenses não curtiram muito essa zueira, mas como já dizia o ditado, entre quatro paredes vale tudo, né?

Veja mais
22 de Março de 2018

O PRAZER SUPREMO EM SER CUCKQUEAN

Sempre ouvi falar do desejo dos homens em serem cornos e suas esposas arrumarem machos para satisfazerem esse fetiche de seus cuckold… Mas, e ao contrário? Só o homem tem esse tipo de desejo? Nenhuma mulher teve tesão em ver seu homem comendo e gozando com outra gata? Há algum mal ou pecado em querer dar esse “prazer supremo” ao seu gato? Pois eu tenho e quero ser cuckquean! Fico com a bucetinha molhada só de pensar no prazer que posso proporcionar a ele sendo uma cuckquean. Vê-lo trepando gostoso com outra. Ver e, claro, se puder, participar! Adoraria receber uma ligação dele no meio tarde me avisando que vai se atrasar para nosso compromisso porque está levando uma gatinha ao motel. Melhor ainda se ele chegasse com ela (a namorada) em casa, me beijasse e me avisasse que ia meter com ela em nossa cama… Pedisse que eu preparasse algo para eles comerem quando terminassem de foder! Essa é a minha fantasia e não tenho limites. Existem mulheres que […]

Veja mais
9 de Março de 2018

LEITORA CHEGOU AO ÁPICE SEXUAL COM A MASSAGEM TÂNTRICA

Me chamo Mary, sou do carioca, 43 anos, fui casada durante 21 anos, atualmente, namorando um cara bem bacana. Nunca tive dificuldade em chegar ao clímax e ter orgasmos. Além de sexo gostoso, também me masturbo com frequência (2 a 3 vezes na semana). Mas queria mais: Eu morria de curiosidade de fazer uma seção de massagem tântrica. Foi então que eu entrei num grupo de whatsApp sobre essa técnica. Lá eu li muitos depoimentos e assisti vídeos sobre massagem tântrica, conversei com algumas pessoas que fizeram, pois não acreditava ser verdade tudo aquilo. Após conversar com inúmeras me convencia que era real. Criei coragem, liguei para um dos massagistas super elogiado no grupo (ele pediu para ficar anônimo) e marquei uma sessão. Ele me atendeu muito bem, disse que não tinha local e atendia onde eu quisesse. Resolvi marcar em um motel. Dia combinado fui para lá. Eu estava muito nervosa e excitada. Esperei um pouco e ele chegou pontualmente no horário. Abri a porta sem saber o que […]

Veja mais
4 de Fevereiro de 2018

ESPOSINHA SE “ACABOU” NA PICA DO NEGÃO

Minha esposa Helena sempre alimentou a fantasia de transar com um homem negro. Ficava muito excita quando assistíamos filmes com negões avantajados! Conhecemos Paulo numa festa no final de 2017. Um negro bonito, alto, forte, extrovertido e bem humorado. Após esse dia Helena sempre comentava sobre ele. Pronto! Encontrei o negão que iria fazer minha esposa feliz! Conversei com ele pelo whatsapp… Comentei que tinha sido o primeiro homem dela e após 15 anos de casados pensei que não seria justo a minha esposa não saber como seria outro homem. E, como sabia do tesão que ela tem por negros, ele seria “o cara”. Marcamos um encontro num café. Paulo conduziu muito bem o nosso “papo”, sem tocar diretamente no assunto. Percebeu que Helena não estava tão à vontade, meio tímida e sem jeito. Falava pouco, mas o encarava com desejo. Para quebrar o gelo brinquei: -Amor, acho que você não está muito interessada na nossa conversa, quer ir embora? Helena sem jeito respondeu em voz baixa olhando para mim: […]

Veja mais
1 de Fevereiro de 2018

DOGGING: FETICHE DO SEXO EM PÚBLICO À MOSTRA DOS CURIOSOS

O dogging, um misto de voyeurismo e swing, começou na Inglaterra na década de 1970 e ainda é incipiente no Brasil. O fetiche se baseia no prazer do sexo alcançado com mais intensidade devido ao fato de desconhecidos estarem olhando tudo de muito perto. O nome traz diferentes abordagens, seja pelo fato de ser como levar o cachorro para passear e observar tudo ou mesmo pela similaridade dos cães de rua, que acasalam na hora e local que querem. As relações acontecem, geralmente, em lugares públicos um tanto ermos, com pouca iluminação, abandonados e sempre tarde da noite. Com a internet, as pessoas interessadas nesse tipo de relação conseguem se organizar através de fóruns e até mesmo de sites para que os encontros sejam marcados. Pioneira do “dogging”, a Inglaterra tem até uma espécie de federação, o Dogging After Dark, que dá informações, promove debates e até indica mais de 5.000 lugares para transar sob as diretrizes da prática. Ao acessar o site da DAD (www.dogging-afterdark.co.uk), fica claro de cara […]

Veja mais
28 de Janeiro de 2018

REALIZEI MINHA FANTASIA: “PEGUEI” MINHA AMIGA!

Há algum tempo, numa festinha de despedida de solteira, rolou a brincadeira do jogo da verdade… Todas bêbadas, uma das meninas deixou claro que adoraria “me pegar”! No início fiquei assustada, mas, despertou em mim a curiosidade de ficar com uma mulher. Depois disso, mantive contato com minha amiga e resolvemos “apresentar e colar” as bucetas. Fizemos nossa primeira farrinha na casa dela. Aproveitamos que o marido estava viajando e… Foi simplesmente maravilhoso! Ficamos outras vezes juntas, com os maridos assistindo, mas sem troca de casais. Primeiro a “festinha” era entre nós duas e depois com eles participando. Minha amiga mudou-se de São Paulo. Continuei casada, mas sempre querendo transar com outra mulher. Convenci meu marido a frequentarmos uma casa de swing… Amei! É uma putaria do caralho! Mas o que procurava ali era encontrar uma gata pra matar a minha vontade de ser chupada novamente. Entrei no grupo de watsapp do clube, coloquei uma foto da minha bunda com uma calcinha minúscula… Isso foi suficiente pra muitos elogios e […]

Veja mais
10 de Janeiro de 2018

AMO MEU MARIDO JAPONÊS – PAU PEQUENO E CORNINHO MANSO

Sou sansei, descendente de japoneses, 40 aninhos, seios médios, bumbum bonitinho, coxas não muito grossas, obediente, submissa, uma verdadeira gueixa. Sou casada com um japonês legítimo, maduro, 60 anos, liberal, obediente, corno mansinho compreensivo e incentivador. Somos do interior de São Paulo. Ele trabalha na capital e aos finais de semana ficamos juntos e nos divertimos muito na noite paulistana. Toda vez que vou a Sampa ele me presenteia com roupinhas ousadas, decotadas, minissaias curtinhas, shortinhos apertados que marcam bem a buceta. Adora que eu vista e passeie pela cidade com elas. Ele sabe que gosto muito dele, mas que não supre minhas necessidades sexuais. Não é como eu gosto. É preciso muito mais para aplacar meu fogo. O maior motivo é o pau dele que é pequeno e não me satisfaz. Fica “sambando”, folgado lá dentro e não sinto nada. Ele sabe entende e colabora – Ele me deixa cornea-lo. Em matéria de sexo é muito criativo e como falei liberal – tem tesão que eu seja hotwife, me […]

Veja mais
7 de Janeiro de 2018

VAMOS ABRIR A RODA, ENLARGUECER, POR FAVOR, ABRE A RODINHA.

Ano passado (2017) fizemos aqui no SeximaginariuM a enquete “Mulheres dar o cuzinho ou não”. Os resultados mostraram que as mulheres adeririam ao ato! E ai meninas sexo anal sim ou não: 41% já fizeram. 35% fazem sempre e adoram. Para 8% das mulheres “talvez quem sabe um dia”. 7% Fazem para agradar seus homens. 5% Fizeram e não gostaram. 5% Não farão de jeito nenhum. Dei o cuzinho a primeira vez para: Marido: 32% Namorado: 22% Pau amigo: 16% Amante: 16% Ficante: 13% Noivo: 2% Algumas leitoras deixaram suas opiniões: “Homem depois que prova um cuzinho, jamais vai deixar de querer… E mulher que tem a sorte de ter um homem que come um cuzinho direitinho, ah meu nego não deixa de dar nunca mais. Mas isso é igual a sexo oral, ou seja, é uma arte saber fazer.” “Humm cuzinho é tudo de bom na hora certa e com o cara que sabe das coisas. Eu adoro sexo anal… Claro tem que ser feito em concordância, já tive […]

Veja mais