16 de abril de 2017

SEXO ANAL FETICHE DOS MENINOS E TABU DAS MENINAS

(*) Marcy (fumando um baseado): você já imaginou que vai ter que aguentar a “pica” do Bill para o resto da vida? Karen: Eu sei, e o pau dele é grande! Marcy: E vai doer principalmente no cuzinho. O Bill já te pediu o cuzinho? Karen: Não, e nem vai conseguir… Marcy: Mas nem na noite de núpcias? Não se nega o cuzinho a seu homem… Tem que liberar! Porque, uma vez que ele sabe que pode comê-lo, não vai mais querer. Acredite! Karen: Vou fazer isso! Marcy: É uma teoria! E você o que acha disso? Karen: Bom, não sei, pode ser que seja verdade, mas o problema é que o pau dele é muito grande! Marcy: E qual é o problema, existem pílulas para relaxamento muscular, e cremes para isso, além do mais você pode ficar por cima para controlar a intensidade, ou de quatro, da melhor forma que achar. E se encontrar o caminho certo, você nunca mais vai querer dar a buceta. Karen: Ah, qual é?! […]

Veja mais
19 de dezembro de 2016

HOMEM QUE GOSTA DE PENETRAÇÃO ANAL É “VIADO”?

Depende! O cu (mais conhecido como anus) é uma zona erógena que pode (e deve) ser fonte de prazer tanto para as mulheres quanto para os homens. Carícias, lambidas, beijo grego e… Penetração! Dependendo da sexualidade (hetero, homo ou bi) a penetração no cuzinho masculino pode ser feita por outro homem (com a rola) ou por uma mulher simulando o coito com os dedinhos ou com “sextoys” – vibradores, plugs anais, cinta/strap-on (que vem com um pênis ou vibrador embutido a uma espécie de calcinha-cinta), ou com um “brinquedinho” chamado Feeldoe (que encaixa na buceta da mulher e no cuzinho do homem). Imagina o que essa experiência não faz com a cabeça do casal: O macho penetrado por sua gata com um brinquedo que simula um pênis!! Essa troca de papéis no sexo pode apimentar a relação. De acordo com os sexólogos, esse rala e rola, essa inversão, nada tem de viadagem. Dar o cuzinho para uma mulher é diferente de ser comido por outro macho. A pele, o cheiro, […]

Veja mais