30 de outubro de 2017

“COISAS ERÓTICAS” – O 1º FILME PORNÔ BRASILEIRO

Em julho de 1982, estreava no Windsor, cinema tradicional do centro da cidade de São Paulo “COISAS ERÓTICAS”, o primeiro filme pornô brasileiro. Com um público de 4,7 milhões (17º lugar na lista das maiores bilheterias do cinema brasileiro de todos os tempos), o filme mudou a trajetória do cinema nacional. Atualmente o acesso ao material pornográfico produzido pelo mundo é fácil – internet, canais a cabo, DVD, BLU RAY – mas na época do lançamento de “COISAS ERÓTICAS”, ainda sob a censura do regime militar, era difícil conseguir e assistir um filme XXX. O VHS era raro no Brasil e o jeito era assistir dividir um pornô com amigos no “bom e velho” Super-8. Uma verdadeira punheta coletiva! Após o sucesso do 1º FILME PORNÔ_BR o público cinéfilo-punheteiro não queria mais ver apenas seios, nádegas e simulação de sexo com o pau mole. Para fazer sucesso nas bilheterias, era necessário mostrar explicitamente o “algo mais”! Em meados da década de 1980 a indústria paulistana da pornochanchada foi consumida pela […]

Veja mais
27 de outubro de 2017

DEI MUITO GOSTOSO PARA O MEU MÉDICO

Tenho muito tesão pelo meu Médico. Ele não é ginecologista. Uma pena adoraria as mãos dele na minha buceta! Quando vou ao consultório dele sempre marco um horário no final do dia. Além de mais tranquilo rsrs, podemos conversar mais… Ultima vez que fui lá esperei para ser atendida até o começo da noite. Tinha comprado lingerie novo, bem pequeno, provocante para ver se despertava algum tesão nele. Quanto ele abriu a porta para atender a penúltima cliente, nossos olhares se cruzaram e percebi que pararam nas minhas coxas (estava com vestido curto que mostrava quase tudo). Foi o bastante para dar asas à minha imaginação. Imaginei o Doutor me agarrando ali mesmo na sala de espera do consultório, sob os olhares de todos. Despindo-me vagarosamente, saboreando cada pedaço do meu corpo, deslizando a boca e chupando meus peitos e minha buceta! Muito molhada, escorrendo, fui ao banheiro tentar me recompor da excitação que minha imaginação havia causado. Entrei rapidamente e me masturbei em uma tentativa louca de saciar minha […]

Veja mais
25 de outubro de 2017

O ERÓTICO E O PORNOGRÁFICO

É difícil traçar o limite exato, a fronteira, entre o erótico e o pornográfico. Já li muito sobre o tema, mas nunca cheguei à conclusão alguma. Mas vamos tentar refletir sobre o tema. O erotismo revela corpos e atos com mais sutileza. A pornografia explicita os atos sexuais, mostra a genitália desnuda e escancarada. O erótico desperta a libido e a imaginação. É a roupa branca, molhada, colada no corpo da mulher, a silueta de uma bunda revelada na contraluz. A pornografia, desperta o tesão, a vontade. É a boca engolindo um pau. Uma língua penetrando uma boceta. Lábios melados de gozo! Em resumo o erótico insinua e a pornografia explicita. Mas não apenas a mostra da genitália desnuda escancarada define a pornografia. Paus, bocetas, peitos e cus são mostrados em revistas, no cinema e em exposições. Mas isto é arte erótica ou pornografia? Pode ser arte. E se esses órgãos estiverem em funcionamento, no ato sexual? Isso é arte? Também! O critério da aparência ou não dos órgãos sexuais […]

Veja mais
23 de outubro de 2017

PRÁTICA DO SEXO ANAL ENTRE AS MENINAS…

Muito praticado entre elas, mas pouco comentado. Apesar disso, muitas lésbicas fazem ou sentem curiosidade em fazer. Sexo anal entre lésbicas ainda é um tabu. Talvez por ser mais íntimo que a penetração vaginal, ou ainda por carregar certo tom de “submissão”, herdado do sexo anal heterossexual. A prática de sexo anal entre garotas, apesar disto tudo, é bastante comum. Atrevo-me a dizer, até, que é mais fácil uma mulher permitir ter o cuzinho penetrado pelos dedos da parceira do que pelo pinto de um homem, pois o desconforto que pode acontecer durante o início da penetração é bem menor. O começo… Quando as meninas resolvem praticar sexo anal, é fundamental que estejam bem confortáveis e com muito tesão. O cuzinho não é tão elástico quanto à bucetinha e pode sofrer algumas fissuras quando a penetração não é realizada com cuidado. Lubrificação é essencial, seja com muita saliva ou com lubrificantes. Uma alternativa para aumentar a excitação, ajudar a relaxar e lubrificar ao mesmo tempo é, na hora do sexo […]

Veja mais
19 de outubro de 2017

CASADA TRAIDA “DEU O TROCO” NO MARIDO TREPANDO COM O ESTAGIÁRIO

Sou casada faz 10 anos, tenho 42 anos, dois filhos, sempre fui muito fiel ao meu marido até descobrir que ele me traia com uma mulher bem mais nova. Fiquei muito magoada, mas sofri calada e resolvi pagar na mesma moeda – cedi às investidas de um estagiário do escritório de 22 aninhos, que me comia com os olhos e vivia me convidando para sair. Aceitei o convite e marcamos numa terça feira à noite. Inventei para o marido que tinha um evento e que terminaria tarde. Comprei um lingerie sexy, coloquei uma roupa bem provocante do tipo “hoje sou toda sua” e saímos pra beber e lógico pra trepar. Quando ele insinuou para irmos para um lugar mais “tranquilo”, topei. Saímos em busca do motel mais próximo. Sentada no banco do passageiro eu olhava para o volume da calça dele e imaginava um pau enorme, grosso do garotão. Na porta do motel tremi todinha, não sabia o que dizer já que nunca tinha feito sexo com outro homem. Acabei […]

Veja mais
18 de outubro de 2017

LIVRO REVELA “BABADOS SEXUAIS” DE LIZ TAYLOR

Elizabeth Taylor certa vez declarou que só havia dormido com os sete homens com quem se casou. Sua nova biografia intitulada “Elizabeth Taylor: There Is Nothing Like a Dame”, de Darwin Porter e Danforth Prince contradiz a diva hollywoodiana. O livro desmente Liz e afirma que ela fez sexo com vários atores, além dos presidentes americanos, John F Kennedy e Ronald Reagan. Segundo o tabloide “Daily Mail”, os autores da biografia não autorizada, passaram anos procurando escândalos envolvendo a estrela e escreveram o livro que contém “toda a fofoca dos tempos gloriosos de Hollywood”. Um dos autores Porter, jornalista veterano e “biografo” de Michael Jackson, Marilyn Monroe, Marlon Brando e Katharine Hepburn, se tornou amigo do assistente pessoal da atriz, Dick Hanley, e de seu amigo de muitos anos Roddy McDowall. Essa relação resultou em muito material e revelações feitas por eles no livro. A biografia de Liz Taylor (morta aos 79 anos em 2011) relata que ela tinha apenas 12 anos quando perdeu a virgindade com o ator e […]

Veja mais
15 de outubro de 2017

BALADA LIBERAL – TUDO É PERMITIDO NADA É OBRIGATÓRIO

Um ex-líder religioso mórmon entusiasta do então revolucionário conceito dos hipermercados – Paulo Machado; a filha jovem, bonita e bem-criada de um professor da USP- Luciana Godoi; e seu tio torto, proprietário de linhas telefônicas vitimado pela privatização – Gabriel Gonzalez Fuentez montaram um negócio igualmente improvável: Uma bem-sucedida casa de swing para quem não faz exatamente swing, localizada na Rua Augusta, em São Paulo, e chamada Nefertitti. Com o “t” dobrado porque a numeróloga do tio torto mandou e o religioso mórmon preferiu não objetar. A Nefertitti é como se fosse o famoso Love Story paulistano de uma década atrás, quando playboys e prostitutas – já despidas de suas pessoas jurídicas – celebravam a libido, a putaria e o uísque paraguaio na “casa de todas as casas”. A diferença de que na Nefertitti supostamente não há prostitutas – a não ser aquelas apenas vocacionadas para a mesozoica profissão. “O que se desbunda dentro da Nefertitti é uma enormidade -.” A Nefertitti tem 10 anos. Passou por três endereços – […]

Veja mais
11 de outubro de 2017

O QUE É CUCKOLD? COMO CONVENCER A ESPOSA PARTICIPAR.

O Sexlog, maior rede social focada em realizar as fantasias mais picantes de seu público, divulgou uma pesquisa realizada com seus usuários para saber quais são os fetiches preferidos dos brasileiros. A tara por Cuckold foi uma das mais pesquisadas no site por homens, ficando em primeiro lugar nas pesquisas feitas por homens do Sul e Sudeste. Afinal o que é Cuckold? Em português bem claro, é a tara por ser “corno”. O termo é uma adaptação do inglês cuckoo (o pássaro cuco) que, na natureza, aceita receber em seu ninho uma fêmea que vá botar ovos de outro macho. Como todo fetiche, há diversas formas de colocá-lo em prática. Algumas delas você pode curtir e outras não. Quer alguns exemplos? Veja: A mulher sai para encontrar um amante e, ao chegar, conta os detalhes para o parceiro. A mulher traz um amante para o quarto do casal enquanto o parceiro fica no quarto ao lado escutando toda a ação. A mulher sai para encontrar o outro cara e grava […]

Veja mais