15 de Janeiro de 2018

REALIZEI A FANTASIA DO MEU “VÉIO” – SER CORNEADO!

Sou uma coroa com 60 anos, casada há 35 anos e sempre fiel ao meu marido. Vontade de ter outra experiência, ter outro homem, não me faltou, mas me mantive firme! Sexo aqui em casa não é lá grande coisa, é escasso, mesmo porque, o “véio” tem dificuldade de manter o pau duro. De uns tempos para cá meu marido apareceu com uma novidade estranha: Pede para eu ter outro homem. No início achei que fosse brincadeira, mas ele confessou que era um fetiche, um tesão. Relutei muito, pois, mesmo tendo vontade, não achava certo. Meu marido sempre insistindo em realizarmos a sua fantasia, até que um dia ele vendou meus olhos e me comeu como se fosse outro homem. Eu gostei da brincadeira. Senti que o pau dele ficou durinho! Para apimentar mais ainda troquei o nome dele, chamava-o de outro qualquer. Gozavamos muito! Fizemos esse jogo varias vezes até que, numa noite, ele vendou meus olhos, me colocou de quatro, apagou a luz e, quando senti o pau […]

Veja mais
10 de Janeiro de 2018

AMO MEU MARIDO JAPONÊS – PAU PEQUENO E CORNINHO MANSO

Sou sansei, descendente de japoneses, 40 aninhos, seios médios, bumbum bonitinho, coxas não muito grossas, obediente, submissa, uma verdadeira gueixa. Sou casada com um japonês legítimo, maduro, 60 anos, liberal, obediente, corno mansinho compreensivo e incentivador. Somos do interior de São Paulo. Ele trabalha na capital e aos finais de semana ficamos juntos e nos divertimos muito na noite paulistana. Toda vez que vou a Sampa ele me presenteia com roupinhas ousadas, decotadas, minissaias curtinhas, shortinhos apertados que marcam bem a buceta. Adora que eu vista e passeie pela cidade com elas. Ele sabe que gosto muito dele, mas que não supre minhas necessidades sexuais. Não é como eu gosto. É preciso muito mais para aplacar meu fogo. O maior motivo é o pau dele que é pequeno e não me satisfaz. Fica “sambando”, folgado lá dentro e não sinto nada. Ele sabe entende e colabora – Ele me deixa cornea-lo. Em matéria de sexo é muito criativo e como falei liberal – tem tesão que eu seja hotwife, me […]

Veja mais
3 de Janeiro de 2018

COMECEI 2018 ASSISTINDO MEU MARIDO “INAUGURAR” O CUZINHO DA MINHA AMIGA

O ano de 2018 começou quente! Principalmente para mim que sou uma cuckquean e boa esposa! Um casal de amigos – Claudemir e Bianca – nos convidou para passarmos o réveillon na casa de praia. Fomos nós e outro casal – Lu e o Valdir… Somos três otimas amigas e confidentes faz um bom tempo. Chegamos a Maresias na madrugada da sábado, exaustos e fomos dormir. No sábado levantamos tarde, tomamos café e, apesar do tempo nublado, fomos à praia. Bebemos muito, principalmente o Claudemir, marido da Bianca, que, apesar de espirituoso, não tem limites. Beija e agarra minha amiga o tempo todo, passa a mão na bunda dela na frente de todos e o pior, expõe a esposa e provoca: – Então Valdir, não gostaria de ter uma mulher como a Bianca? Ele meio “sem graça” respondeu: – Claro a Bianca é muito bonita, mas tem marido! A sorte é que a Lu, esposa do Valdir, tinha ido caminhar na praia senão teríamos problemas rsrs! Ela é muito ciumenta! […]

Veja mais
13 de dezembro de 2017

A PRIMEIRA BUCETINHA AGENTE NUNCA ESQUECE – PARTE 2

Passado algum tempo eles continuavam amantes, mas como Ricardo não conseguia convencer Carla ser “nossa”, o jeito foi eu entrar em cena e dar um empurrãozinho!! Num desses “happy hours” Carla bebeu além da conta. Ricardo se ofereceu para levá-la para casa. – Imagina Ricardo não quero incomodar vocês. Pego um taxi… Prontamente respondi: – Carla aproveite a carona, não há problema, eu vim com meu carro. – De jeito algum, não quero atrapalhar vocês. Enquanto esperávamos os nossos carros Ricardo puxou Carla pela cintura e “tascou” um beijo na boca dela ali na minha frente! Carla que estava “molinha e facinha” não interrompeu o beijo. Quando terminaram ela me olhou assustada e disse: – Carol não sei o que dizer… Desculpa! Exagerei na bebida! – Tudo bem Carla… Vem comigo, eu te levo para casa. Precisamos conversar. No caminho resolvi abrir o jogo: – Carla, meu marido te adora, fala muito sobre você…Na verdade o que ele sente é muito tesão por você… Eu como boa esposa, não posso […]

Veja mais
9 de dezembro de 2017

CUCKOLD UM ESTILO DE VIDA QUE DÁ MUITO PRAZER!

Já faz algum tempo que o leitores do SeximaginariuM veem curtido as postagens do tema cuckold, com inúmeros comentários. Alguns confessam terem muito tesão de serem cuckold (maridos, esposas e comedores) outros que já são adeptos à pratica ou querem iniciar! Mas o que é cuckold? O termo inglês cuckold vem do inglês cuckoo e faz referência à ave enganada pelo cuco, incuba seus ovos e criar seus filhotes. Na verdade é uma prática no qual o marido permite que sua esposa transe com outro homem (amante comedor) na sua frente ou não, mas com seu consentimento. Os praticantes do cuckold (marido, esposa e comedor) contam que a mulher atinge alto nível de excitação e prazer ao transar com um estranho com consentimento do marido. E claro, o marido também se excita muito ao ver sua esposa tendo prazer com outro homem. O prazer da pratica cuckold está na submissão, voyeurismo e humilhação da “perda” da mulher para o homem mais viril, no caso o amante comedor. O cuckold por […]

Veja mais
17 de setembro de 2017

CONFESSIONÁRIO CUCKOLD – A VIDA COMO ELA É – 1

Minha esposa, 36 anos, me trai e sua preferência é meter com homens negros. Comecei a desconfiar das traições porque ela chegava em casa com a xereca toda molhada e melada. Me dizia que estava com vontade de meter, tentava me convencer que aquela meleca na buceta era do seu tesão por mim. Eu sabia que não era… Um dia ela resolveu abrir o jogo – contou “tim tim por tim tim”, que me traia e tinha sido varias vezes… Andou dando pra um negão e que chegava em casa melada da porra dele! O cara tinha uma rola grande e grossa e que era só ele colocar a cabeça da pica pra dentro da buceta que ela gozava muito! No início sofri pela traição, mas, mais tarde, lembrar que eu a comia minha esposa cheia de porra de outro cara, me deixava tarado. Hoje eu gosto de beija-la depois que o macho fixo dela (Negro, 40 anos, casado e bem dotado) goza na boquinha… Só fazemos isso com ele. […]

Veja mais
13 de julho de 2017

É ASSIM QUE MULHER DE CORNO FAZ COMPRAS

Helena me apresentou uma nova amiguinha a Cris, uma morena gostosa, cabelos pretos curtos, olhos castanhos, seios médios, coxas e pernas grossas e bucetinha bem lisinha. Cris virou minha putinha, adora realizar fantasias, minhas e dela! A morena transpira sexo e sacanagem. Pedi que ela fosse comigo ao supermercado e que provocasse, deixasse os homens com tesão. E eu, claro, ficaria assistindo tudo de longe. Ela como boa mulher submissa e obediente topou. Colocou um vestido folgadinho, sem calcinha e fomos às compras. Chegamos juntos ao supermercado, como um “casalzinho”. Cris percorria os corredores, derrubava algumas mercadorias das prateleiras, para aproveitar e se abaixar e deixar a buceta a mostra. Numa dessas um senhor acompanhado da esposa viu tudo, ficou sem jeito, não tirava os olhos da bunda da Cris, até levar uma bronca da mulher. Ver a Cris provocar os caras me deixou com muito tesão. Estava com o pau duríssimo, mas disfarçava… Às vezes ia lá, junto dela, para fazer o papel de marido corno. Ela nunca havia […]

Veja mais
21 de Março de 2017

O CORNO É O ULTIMO A SABER… E PARTICIPAR

Olá parceiros cornos e pretendentes a cornitude. Quero lhes falar sobre o desejo que eu tinha – Ver Jéssica – minha esposa metendo com outro homem!! Algumas fantasias sexuais são polêmicas e geram discussões sobre o que é normal ou não. Falta coragem aos casais para assumirem e dividirem suas fantasias como a minha: O desejo em ver minha esposa dando para outro homem – Quero ser corno! Não sabia como introduzir o assunto em casa. Com jeito fui conversando com a Jéssica provocando e insinuando que o “chifre” já tinha acontecido, para ela me contar, que eu queria saber… Ela negava o tempo todo! Tanto insisti e cutuquei que a verdade veio à tona! Isso aconteceu dias atrás, logo após o almoço, liguei para o trabalho dela e me disseram que Jéssica tinha ido ao médico. Achei estranho, pois ela tinha dito que a consulta era às 18 horas. Suspeitei que estivesse com outro, mas não coloquei fé. À noite, com tesão, queria comer a bucetinha dela. Ela disse […]

Veja mais