ABHIYANA – A ESCRITORA PORNÔ ATIVISTA

EX MARIDO DE PUTA PROCURA NOVA ESPOSA
2 de novembro de 2018
CASTIGOS PARA UM MARIDO coRno
8 de novembro de 2018
Show all

ABHIYANA – A ESCRITORA PORNÔ ATIVISTA

“ando com a mente povoada de putaria. o que faz com que minha vulva fique quase o tempo todo aquecida e melecada. imagino pessoas bem peladas, andando pra lá e pra cá, sem questões nem formalidades, livres pra fuder de verdade. mas ainda estamos averiguando se deus deixa ou não dar o rabo. Filhos, deus é daquelas mulheres que gozam dando o cu.”

Abhiyana, atriz, produtora e escritora. Aos 21 anos, trocou o emprego em uma multinacional pelos palcos. Pediu demissão e foi estudar teatro.
Na entrevista que concedeu ao portal UOL, Abhiyana afirmou que nunca teve problemas para falar sobre sexo em casa. Já dançava desde pequenininha e diz que sempre se deu bem com o próprio corpo. Se considera uma pioneira dos nudes, pois já gostava de fazer fotos nuas e mandá-las para namorados e peguetes. Por e-mail, que fique claro para a geração das redes sociais e do WhatsApp. Acredita que já tinha um olhar mais refinado para a pornografia desde mais nova, apesar de hoje considerar bem toscas algumas fotos daquela época.
Foi durante um show da banda Opalas que Abhiyana, aos 27 anos, teve a epifania que a levaria, enfim, a compreender a real dimensão do sexo para sua vida. Em um dado momento do show, eu percebi que poderia dar para a banda inteira. Tinha vontade transar com todos, e era um integrante mais diferente que o outro.

“O sexo sempre foi vendido como algo sujo. Isso é uma grande tristeza para a humanidade. O sexo é um grande presente para a humanidade. Hoje as pessoas não transam só porque querem ter filhos. Transam porque querem gozar, e isso é muito bom.”

Para Abhiyana, o orgasmo tem uma dimensão muito mais ampla que apenas o de um prazer efêmero. “Uma mulher que tem um orgasmo dificilmente será paralisada por alguma coisa. Se ela entendeu esse lugar dentro dela, essa importância, pode até tropeçar em uma coisa ou outra, mas não parar. O orgasmo tem um valor quase existencial. O sexo, a pornografia, são intrínsecos ao ser humano.”

Em 2017, lançou seu primeiro livro – Pequenos Textos Putos e Ilustrações Pornográficas Aleatórias. Com o livro nasceu o projeto Textos Putos – que realiza ações dentro do universo pornográfico sob o ponto de vista feminino.

“Meu objetivo é trabalhar a pornografia como instrumento de libertação. O primeiro livro viabilizei por meio de financiamento coletivo, e to aqui de novo, pra realizar o segundo -“Por que gozar é tão bom?” – desta vez de contos eróticos e fotos (mega) pornográficas. Mas não vou ficar só no livro, tem vídeos putos, áudios pra você ouvir e gozar bem gostoso e exposição das fotos.”

Quer conhecer mais sobre escritora pornô ativista  acesse o site http://www.textosputos.com.br e @abhiyana fotos e vídeos do Instagram

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.