COMO FOI SEU PRIMEIRO CHIFRE?

LEITOR CONTA COMO FOI A PRIMEIRA EXPERIÊNCIA NO SWING
1 de outubro de 2018
LEITOR QUER SER CUCKOLD MAS NAMORADA NÃO!
8 de outubro de 2018
Show all

COMO FOI SEU PRIMEIRO CHIFRE?

Olhando o site me deparei com a pergunta: Como foi seu primeiro chifre?
Desde novo, hoje com 52 anos, tinha vontade de ser corno. Adorava quando ficava sabendo que minhas namoradas tinham saído com outros caras. Na hora ficava bravo, mas depois passava e pensar na cena dava muito tesão.
Depois de relacionamentos frustrados, encontrei a mulher que ia me fazer feliz. Casamos e nossas noites de sexo eram sempre acompanhadas de muito filme pornô, de preferência com dois atores de pau grande comendo uma mulher.
Sempre que podia eu fazia um comentário para ver a reação dela, lembro que foi em um sábado à noite, depois de umas cervejas, fomos para a cama assistir um filme hot … Em uma cena, em que o ator estava deitado com o enorme mastro duro apontando para o teto, a atriz sentou e guardou todo o pau dentro dela! Eu deitado, com os dedos no grelinho dela como ela gosta, perguntei:
– Amor, você aguentaria uma pica desse tamanho dentro da sua buceta?
Ela virou o rosto e me disse:
– Arruma um assim que te mostro!
Sorri, coloquei meus dedos na buceta, estava encharcada, e disse:
– Está cheia de tesão, molhada pensando no pau dele?
Ela me beijou e me indagou:
-E você está louquinho para ser corno né? Quer ver tua mulherzinha com um pauzão enterrado na buceta?
Na hora fiquei sem saber o que falar, pois ela nunca tinha falado assim. Ainda repetiu:
-Responde, você quer ver? O que tu vais fazer na hora que eu estiver dando para outro?
Eu disse que se ela estivesse de quatro eu entrava embaixo para chupar o grelo dela. Ela não aguentou e subiu encima do meu pau e gozamos muito! Novamente ela me olhou e disse:
-É sério, você arruma um macho para mim que vou te fazer de corno, mas eu quero ver se ele me agrada. Quero um bem pausudo.
Postei as fotos da minha esposa em um site. “Choveu” macho querendo sair com ela. Selecionei alguns e mostrei a minha esposa. Ela gostou de um cara que estava trabalhando na cidade e tinha experiencias com casal. Após algumas conversas marcamos com ele em um restaurante. Chegamos primeiro depois de vinte minutos ele chegou, conversamos um pouco e fomos os três para o motel.
Deixei-os bem à vontade. Quando ele tirou a calca e a cueca e colocou o pau para fora ela se assustou com o tamanho e a grossura da rola do cara, mas não se fez de rogada, ajoelhou e mamou como uma bezerra. Depois das preliminares, sentou encima dele me olhando e me chamando de corno:
-Tu querias ver então olha agora, vou gozar muito no pau dele.
Eu bebia, olhava a cena e fazia fotos deles. Ele com muita experiencia beijava ela e socava fundo o pau. Ela rebolava e contorcia não sei se de dor ou de prazer. Quando ele quis meter no cu ela não deixou, achou grande demais.
Voltamos do motel para casa e ainda dei uma chupada nela antes de dormir, ainda tinha gosto de porra na buceta dela. Minha esposinha tem os lábios da buceta grandes, mas depois dessa foda ficaram bem maiores, inchados de tanto pau que levou.
Pela manhã eu me arrependi, chorei lembrando das cenas dela gozando sentada no pau dele. É muito bom na hora, mas depois o arrependimento é grande.
Depois de quinze dias voltamos a conversar sobre o assunto e voltei a fantasiar… Era só beber um pouco que eu tocava no assunto, para ver mesmo se era isso que ela queria. Propus mais uma saída com o mesmo comedor, ela topou. Ele por um ano foi o comedor fixo da minha esposa. Já não usavam mais camisinha e eu adorava ver ela de buceta cheia de leite…
Meu primeiro chifre foi ótimo e não quero outra vida!
E o seu primeiro chifre como foi? Conte para nós!

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.