COMEDOR DE CASAIS CONTA O QUE ROLOU COM O MARIDO E A ESPOSA

MACHOS ATENÇÃO! GOZAR 21 VEZES AO MÊS PODE SALVAR SUA VIDA!
18 de abril de 2018
COMO SERÁ QUE ELA É… VESTIDA E PELADINHA?
25 de abril de 2018
Show all

COMEDOR DE CASAIS CONTA O QUE ROLOU COM O MARIDO E A ESPOSA

Comedor de Casais, leitor do SeximaginariuM, enviou relato de uma aventura que rolou com marido a e esposa.
Me chamo Ricardo, 44 anos… Recebi um e-mail de um marido (também leitor do blog), que tinha tesão em ser cuckold, em ver sua esposa dando para outro homem. Me contou que ela, a esposa, já estava convencida, tinha esses tesão também, mas tinha receio, que queria conhecer o comedor antes… E que ele, o marido, estivesse junto. Regras estabelecidas, precisávamos colocar em prática. Após esses contatos iniciais marquei uma conversa com o marido em um shopping de SP. “Bolamos” um plano para eu conhecer a sua esposa: Eu seria um amigo que trabalhava na filial da empresa, que estava de passagem pela matriz e ele iria me convidar para jantar em sua casa.
Data marcada, fui até a casa deles. Fui apresentado a esposa, uma mulher linda, acho que uns 55 anos, em forma, bem cuidada. Depois de bebermos muito vinho e o clima ficar bem descontraído, notei que ela olhava muito para mim, isso foi me dando tesão e fiquei de pau duro. Não tinha mais como disfarçar o volume na calça…. O marido também percebeu que a esposa não tira os olhos do meu pau. Perguntei onde era o banheiro.
– Me acompanhe, eu te mostro o caminho.
Quando ela levantou e se virou de costas, aproveitei e passei por trás dando uma “sarrada” na bunda dela. Percebi que a esposa se arrepiou ao meu toque. O marido assistiu à cena e logo foi avisando:
– Cuidado amor, esse cara tem fama de comedor!
– Verdade?? Comedor? Aí não sei…
– E você quer saber?
A esposa deu um sorriso e piscou para mim! Eu a segurei pelos braços, beijei na nuca, nos ombros, costas…
O marido se aproximou e mandou que eu continuasse, disse que era isso que eles queriam. A esposa ficou surpresa, mas se entregou…
Passei as mãos pelas suas pernas, levantei o vestido, me ajoelhei, puxei a calcinha dela para o lado e comecei a chupar a buceta bem babada. Ela olhava pra baixo e gemia. Puxando ela mesmo a calcinha para o lado em enfiei língua naquela buceta melada, ensopada. Me lambuzei naquele mel delicioso, revezando a língua no grelo e nos grandes lábios, enquanto enfiava dois dedos nela, fazendo-a gozar e estremecer na minha boca.
– Quero esse pauzão na minha boca e na minha buceta!
O marido sentado no sofá, bebia uma taça de vinho, assistia a esposa chupando meu pau e se masturbava.
Não demorou a esposa pediu para ser comida. Coloquei a camisinha e ela sentou no meu pau, levantou as pernas e cavalgou. Tesão sentir minha rola rasgando aquela buceta, enquanto o marido a beijava e chupava seus peitos.
Após umas duas horas de sexo intenso, eu tê-la literalmente arrombado, tratando como puta, fazendo-a gozar algumas vezes, ela disse que estava ardendo, dolorida e queria que eu gozasse. Não resisti e esporrei no seu rosto, boca e seios. Fomos tomar banho e ainda demos mais uma metida!
Depois que fui embora o marido contou a verdade sobre mim. A esposa achou melhor que eu não fosse funcionário da empresa. Me encontrei com este casal outras 4 vezes.
Fico à disposição de casais, experientes ou iniciantes. Se necessário ajudo a convencer e/ou seduzir a esposa.
Deixe contato aqui no blog.
Ricardo
Se você tiver uma história, um conto, como este do nosso leitor, mande para sexi.redacao@gmail.com que publicamos!

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.