TUCKING – O TRUQUE TRANS PARA ESCONDER O PAU

AMIGO DO MARIDÃO ME FODEU GOSTOSO!
11 de setembro de 2017
CONFESSIONÁRIO CUCKOLD – A VIDA COMO ELA É – 1
17 de setembro de 2017
Show all

TUCKING – O TRUQUE TRANS PARA ESCONDER O PAU

“Esconder meus órgãos sexuais é o que menos  me preocupa. Conheço vários segredinhos das trans mais velhas que dão super certo. É o básico, a gente prende para trás, como todo garoto faz de brincadeira uma hora ou outra”
LEA T.

Como fazer o “TUCKING”

Chama-se de “Tucking” a técnica que muitos dos transgêneros MtF utilizam para esconder o pênis e conceder à região pubiana uma aparência feminina, o chamado “capôzinho de fusca”.
Obviamente, para àquelas que tem um pênis pequenino, o resultado do “Tucking” é quase perfeito, pois além de ocultá-lo, a aparência fica realmente de um órgão genital feminino.
Existem várias técnicas de “Tucking”, mas uma das mais usadas é a de puxar o pênis para trás, por entre os testículos, e prendê-lo com esparadrapo de forte aderência pela pele que cobre a glande à base inferior entre glúteos.


Após prender o pênis por sobre o saco e por entre os testículos, levante a pele do saco por ambas as laterais, unindo-as acima do pênis já preso para trás, e segure.
Para fixar a pele do saco por sobre o pênis, é necessário colocar alguns pinguinhos de cola á base de “cianoacrilato” , tipo cola Bonder de colagem instantânea, nas laterais internas da pele do saco por sobre o pênis. A aparência ficará de uma vagina com clitóris quase perfeita.


É indispensável citar que o desconforto na descolagem é muito grande, podendo até machucar a pele, se os pêlos pubianos não forem antes depilados ou raspados. O uso da cola em excesso também pode machucar e irritar a pele. Compressas de pano com água quente facilitam o enfraquecimento da cola e consequentemente a descolagem fica mais fácil.


Todos os transgêneros MtF sabem o valor de uma aparência cada vez mais feminina e aceitável. Intimamente, saber que a aparência da genitália também é feminina, causa um grande prazer a quem pratica o “Tucking”, valendo o sacrifício que o desconforto possa causar.
Abaixo algumas gravuras que explicam a técnica do “Tucking”, que, embora em linguagem asiática, são fáceis de interpretar.

Ai que agonia!! Não queria tá na pele deles… rs
E se bater um tesão momentâneo, como é que faz? Deve doer muito se o pênis endurecer, né? Assim como a vontade de urinar, também deve incomodar bastante! Mas gostei de saber o procedimento, passo a passo…
Very interesting! rs
Helô Müller
Desculpa-me, querida Helô… Eles quem? Os homens? Na verdade são “elas” e não eles. Todas nós transex odiamos ser taxadas de “o travesti”, dessa burrice da lingua portuguesa. Sim, a travesti. Transexualismo é um transtorno de identidade sexual. Isso é como ofender todas nós… Enquanto ao post do Léo, show de bola! Algumas travestis fazem isso em concursos, carnaval, festas, enfim. Geralmente, nós colocamos o pênis na calcinha mesmo, ajeitando aqui e ali… Sim, incomoda um pouco, mas com tempo nós acostumamos assim. Beijos, Léo! Parabéns!!!
Liss Lovelace
Jesus! Que agonia me deu isso! Aquilo é Superbond que ela tá passando… Affe! Apesar de ter tido uma grande amiga transexual, isso aí nunca tinha visto… rs
Dama de Cinzas

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.