PRÊMIO SEXY HOT 2017 – “OSCAR PORNÔ BRAZUCA”

MEU MARIDÃO ADORA CHUPAR MANGA COM FIAPOS!
7 de junho de 2017
CORNO MANSO PROCURA MULHER PARA CASAR!
14 de junho de 2017
Show all

PRÊMIO SEXY HOT 2017 – “OSCAR PORNÔ BRAZUCA”

A premiação dos vencedores Prêmio Sexy Hot 2017, conhecido como “Oscar Pornô Brasileiro” aconteceu no mês de junho em São Paulo.
Na 4º edição, através do voto popular e de um júri técnico, foram premiados os melhores atores, atrizes, filmes e cenas do pornô nacional.
As produtoras enviaram seus melhores conteúdos, o Sexy Hot escolheu os três finalistas de cada categoria e o público elegeu os melhores do pornô nacional, nas categorias – Melhor diretor; Melhor cena de ménage; Melhor ator hétero; Melhor filme hétero; Melhor cena de fetiche; Melhor atriz homo; Melhor cena de sexo oral; Melhor ator homo; Melhor cena homo feminina; Melhor cena de dupla penetração; Melhor atriz transexual; Melhor cena transexual; Melhor cena de sexo anal; Revelação do ano hétero; Melhor cena de orgia / gang bang; Melhor atriz hétero e revelação do ano LGBT.


O carnavalesco Milton Cunha, convidado para apresentar uma das categorias do Prêmio, criticou o conservadorismo hipócrita da sociedade e divertiu a plateia ao falar sobre suas experiências sexuais.
“Sexo nunca me deu medo. Eu sempre usei o sexo para chegar na minha felicidade. Sexo sempre foi libertação e fiz tudo. Transei com homens, com mulheres, com legumes… foi um sucesso!”, disse arrancando risos da plateia.
Na entrega do prêmio para a atriz Mel Fire, que venceu como Revelação do Ano LGBT, Milton não perdeu a oportunidade: “O cabelo da Mel é da cor das várias cenouras que transei na vida”.


Durante a premiação, Pabblo Vittar foi quem anunciou os vencedores nas categorias Melhor Ator e Atriz Homo e Melhor Atriz Transexual. Antes disso, Leo Jaime cometeu uma ‘gafe’ ao chamar Pabblo de artista trans.
O ex-BBB Dicesar também apresentou uma categoria LGBT. “Se eu fosse safadinho, eu faria filmes pornôs e cobrava. Mas eu dou de graça mesmo! Bicha não tem tipo, bicha tem pressa”, brincou o maquiador antes de anunciar o filme “Doutor Ponha no Meu Rabo” como o vencedor na categoria Melhor Cena Transexual.


Para Sabrina Boing Boing ficou a categoria Melhor Cena Homo Feminina, que consagrou o filme “Sessões de Fetiche 3”. A modelo revelou que, no passado, pensou em fazer um filme pornô, mas com uma condição: só com mulheres.
“Uma vez me convidaram para fazer um filme e eu disse que só aceitaria se fosse um filme lésbico. É o que eu curto. Eu adoro ver cenas de mulheres”, revelou.


A atriz Emme White, a grande vencedora da noite, levou os prêmios nas categorias: Melhor Cena de Sexo Oral, Melhor Cena de Orgia/Gang Bang, Melhor Atriz Homo Feminina e Melhor Cena Homo Feminina.

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.