E AÍ GATA, O QUE VOCÊ ACHA DO SEXO ANAL?

MAS E AI MENINAS… DAR O CUZINHO OU NÃO?
18 de abril de 2017
PERSONAL TRAINER GOSTOSO MALHOU MINHA PPK
24 de abril de 2017
Show all

E AÍ GATA, O QUE VOCÊ ACHA DO SEXO ANAL?

Esta foi à pergunta que @realfouquet fez no Twitter para saber o que as meninas achavam do “sonho sexual masculino”.
As mulheres que já praticaram ou ainda praticam não tiveram vergonha em falar publicamente sobre o assunto! Depois de muito debate chegamos a algumas conclusões:
Toda mulher tem interesse em saber como é. Seja para agradar a si mesma ou para agradar o companheiro. De uma maneira ou outra ela, pelo menos, já pensou no assunto. Agora “ir às vias de fato” que é o complicado.
Todas reclamaram que a primeira vez dói. Algumas param por ali mesmo, outras tentam mais uma e desistem de vez. Uma minoria pega gosto e passa a adorar dar o cuzinho!
Ah! Todas disseram que o homem tem que saber o que está fazendo.
As novatas pedem carinho “coloca bem devagar”. As experientes pedem para colocar tudo de uma vez!!!
As que fizeram e continuam dizem ser mais gostoso que sexo comum (na buceta). E mais: Elas gostam de controlar o movimento da rola no cuzinho.
As que têm interesse em fazer não sabem como chegar para o parceiro e pedir “come meu cu”. Meninos ajudem! Se a mocinha empina a bundinha, ou movimenta o seu pênis em direção ao buraco de trás ENTENDAM o que isso significa.
Mulheres que não curtem, mas fazem, acreditam que sexo anal é um prêmio e o cara precisa se esforçar muito para ganhar.
Algumas acreditam também que os homens enxergam mulher que não faz sexo anal como mulher para casar. E aí, meninos? É assim mesmo?


O cu está lá, tem terminações nervosas que dão prazer sim e você pode chegar ao orgasmo com isso. Uma leitora escreveu: “É fato já confirmado que as mulheres dão o “cuzinho”, mas nunca admitem para as amigas ou para outro homem! Quase todas são virgens de cuzinho e o macho será o primeiro”.

“Meu namorado adora fazer sexo anal mas eu nunca tinha feito. Ele insistiu tanto que fizemos. No começo eu não achei muito legal – doeu um pouco apesar dele me deixar bem a vontade e melar meu cuzinho com gel lubrificante. Depois fui me soltando e relaxando ai foi delicioso. Agora toda vez que a gente fica não tem com eu não liberar o cuzinho para ele!” disse uma entrevistada.


Naya Fouquet, que é praticante e adora à modalidade, deu algumas dicas para um bom sexo anal!
PARA OS MENINOS:
O homem tem que entender que não é um buraco de boneca inflável, a região é sensível, mas também não significa passar manteiga e esperar para escorregar.
O ritmo é diferente do sexo comum, tem que ser devagarzinho, com mais carinho.
Alise a região, passe os dedos, comece a penetração com os dedos para acostumar e relaxar a musculatura.
Colocar o dedo, esperar o músculo contrair, mexer o dedo, contrair, mexer mais um pouco, contrair. O local vai relaxando se você fizer isso.
Travesseiro na barriga ajuda a relaxar a musculatura também, ficar de bruços é a preferência da mulherada. Dá pra ir controlando, subindo e descendo.
Sem brutalidade. Por ser uma região sensível pode sangrar, vão com calma nos movimentos. Se sangrar a gata desiste de continuar fazendo.
Faça sexo normalmente e aproveite para estimular a região, quando mais “mole” ela estiver, mais fácil fica.
Deixe que ela controle a entrada, mas se algumas mulheres preferem que vá de uma vez. Converse antes para ver o que ela prefere.


PARA AS MENINAS:
A mulher precisa estar relaxada e excitada. Se ela estiver tensa e você tentar isso logo que começar a brincadeira, meu amigo, esqueça. Não vai entrar nem ar.
Alimentos leves e chuca garantem diversão sem sujeira. Já ouvi papos de laxante, mas não apelem, pode fazer mal para a saúde ficar se entupindo de laxante e ainda é capaz de dar um piriri na hora do vamos ver.

E Você – O que acha de sexo anal? Responda a pesquisa ai ao lado!

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.