SEXO ANAL FETICHE DOS MENINOS E TABU DAS MENINAS

CONCURSO INUSITADO ELEGE A MENOR ROLA DO MUNDO
10 de abril de 2017
MAS E AI MENINAS… DAR O CUZINHO OU NÃO?
18 de abril de 2017
Show all

SEXO ANAL FETICHE DOS MENINOS E TABU DAS MENINAS

(*) Marcy (fumando um baseado): você já imaginou que vai ter que aguentar a “pica” do Bill para o resto da vida?
Karen: Eu sei, e o pau dele é grande!
Marcy: E vai doer principalmente no cuzinho. O Bill já te pediu o cuzinho?
Karen: Não, e nem vai conseguir…
Marcy: Mas nem na noite de núpcias? Não se nega o cuzinho a seu homem… Tem que liberar!
Porque, uma vez que ele sabe que pode comê-lo, não vai mais querer. Acredite!
Karen: Vou fazer isso!
Marcy: É uma teoria! E você o que acha disso?
Karen: Bom, não sei, pode ser que seja verdade, mas o problema é que o pau dele é muito grande!
Marcy: E qual é o problema, existem pílulas para relaxamento muscular, e cremes para isso, além do mais você pode ficar por cima para controlar a intensidade, ou de quatro, da melhor forma que achar. E se encontrar o caminho certo, você nunca mais vai querer dar a buceta.
Karen: Ah, qual é?!
Marcy: Sério, é verdade. Já tive um homem que me comia tão bem o cu que poucas vezes liberei a buceta. A porta de trás pode ser também uma entrada para o paraíso, é só saber quem vai te encaminhar para ele.


Está semana vamos abordar um tema que para muitas mulheres é tabu, horror até de pensar em fazer, para os homens é sonho de consumo: sexo anal, isto mesmo dar o cuzinho!
Mistérios a parte, sexo anal pode ser prazeroso para os dois, bata relaxar e seguir algumas regrinhas básicas!
A blogueira FLUX do blog http://secretsreveries.blogspot.com.br/ afirma que sexo anal ainda é um tabu para as mulheres, mas infelizmente não o único. “O sexo e a sexualidade em si é um tabu para as mulheres. Assumir que se masturbam, que se olham, que tem desejos para além do papai-mamãe.
Eu acho que nesse assunto existem duas coisas muito importantes que não podem deixar de ser levadas em consideração: primeiro é que a vontade deve partir dela. Não pode rolar essa de fazer pra agradar o parceiro pois senão ela não vai relaxar e vai doer.
Segundo é o cara ter respeito pela mulher que esta na cama com ele. Entender as limitações do local, que nem sempre o corpo vai cooperar e que por mais vontade que eles estejam, TEM QUE IR COM CALMA.
Eu, particularmente, adoro! Gozo horrores! Mas isso com quem sabe fazer. Com quem vai no desespero eu mando segurar a onda, se não respeitar, mando parar e acabo com a festa!”

(*) O diálogo entre Karen (Natascha McElhone) e Marcy (Pamela Adlon) foi extraido de um capitulo da primeira temporada da telessérie americana Californication. Atualmente em exebição no Netflix a serie já foi indicada para diversos prêmios e vencedora de um prêmio Emmy e de um Globo de Ouro a série totaliza sete temporadas completas.

No próximo post: MAS E AI MENINAS… DAR O CU OU NÃO?

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.