HÁ 23 ANOS, PIRIQUITA QUASE DERRUBOU PRESIDENTE DO BRASIL
26 de fevereiro de 2017
BURNING LOTUS, 56 ANOS – MODELO MADURA TATUADA NÃO TEM MEDO DE NUDE HOT!
7 de março de 2017
Show all

OS 7 PECADOS CAPITAIS DO SEXO

Você deve conhecer a lenda cristã dos 7 Pecados Capitais, que quando praticados mandam você direto para o inferno. Ruim? Sem dúvida.
Mas pior ainda é cometer os pecados do sexo, que farão você passar as noites na solitária companhia da sua mão direita.
Por isso pedimos a uma garota para listar os maiores erros que homens cometem entre quatro paredes.
Abaixo a lista e evite a todo custo estas atitudes pelo seu próprio bem.

1. NÃO FAZER SEXO ORAL
Se vocês gostam de uma boa chupada, nós também. Agora, oral bom é oral feito com vontade, com desejo, e isso vale para ambos os sexos. Para fazer meia boca só pra constar nos autos, melhor deixar para lá.

2. GOZAR NA BOCA E TER NOJO DEPOIS
Muitas mulheres não gostam que o parceiro goze na boca. Outras, mesmo não gostando, deixam — é do instinto feminino querer satisfazer ao homem. Existem, ainda, as que fazem porque gostam mesmo.
Pecado imperdoável é o homem que quer latejar na boca da mulher e, depois, fica com nojo dela. Ela quer beijar após o ato e essa ideia te deixa desesperado? Coragem, rapaz! Ou periga ser a primeira e última vez que desfruta desse prazer que faz muito homem subir pelas paredes.

3. TER PRESSA NO SEXO ANAL
Não rola sexo anal com pressa. O “anel” precisa estar bem lubrificado e relaxado. A pessoa pode ter a experiência que for nessa prática (digo, a que vai doar o cobiçado), mas sem lubrificação e relaxamento, a pobre vai à lua e volta e isso não é num bom sentido, não.
Literalmente, dói “pracaraí”. Anal com pressa periga ficar só na vontade para um e alguns dias incômodos, ao se sentar, para o outro.

4. REALIZAR FETICHES SEM UMA CONSULTA PRÉVIA
Concordo que entre quatro paredes vale tudo. Tudo que agradar a ambos. Nos fetiches mais ousados, é extremamente aconselhável um pré-dialogo. Costumo dizer que tudo é normal no sexo, mas nem tudo me cabe. Gosto é gosto e cada um tem o seu.
É claro que o cara não vai ficar perguntando pra mulher o que pode e o que não pode fazer passo a passo. Se estão ali para uma transa, algumas coisas são esperadas e muito bem vindas. Mas se pretende, por exemplo, amarrar, usar brinquedinhos, vestir uma calcinha (é, tem cara que curte, não é?), melhor uma conversa básica antes de causar um constrangimento na hora H.

5. SER FROUXO
Brincadeiras e fetiches à parte, o homem tem que ser capaz de dominar na cama. Nas fantasias, mesmo rolando uma submissão masculina, têm maneiras e maneiras disso acontecer. E, nesses casos, acho broxante o cara se portar de forma, digamos, afeminada.

6. GOZAR E SAIR DA CAMA
O gozo é o ápice do sexo para o homem, é quando o macho sente seus instintos saciados. Apesar disso, no geral, os homens se preocupam com a parceira, procuram segurar o gozo até que ela chegue ao apogeu, ou, se não se seguram, continuam a estimular a parceira para que ela também se sacie.
Mas sim, existem os “ogros” que só querem saber do próprio umbigo e simplesmente gozam e viram para descansar, fumar um cigarro ou vão se lavar. Caras assim não precisam de uma mulher, mas de uma boneca inflável.

7. FORÇAR A BARRA
É verdade que mulher é um ser bem complicado. Eu mesma não me entendo às vezes! Um “não” pode ser um “sim”, do tipo, “Não, para. Não, para. Não para! Não para!”, mas em outras um “não” é um “não” mesmo.
É bom saber distinguir a tênue linha que separa o famoso “doce” da total negação ou você corre o risco de ser acusado de violência sexual. Forçar a barra no sexo, nunca.

Leo
Leo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.